Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/781
Title: A construção da confiança na relação entre consultores organizacionais e clientes : uma compreensão baseada no conhecimento da vida cotidiana e na prática reflexiva
Authors: Márcia Batista Almeida, Ana
Keywords: Prática reflexiva de consultores;Mundo intersubjetivo;Papéis sociais;Confiança pessoal
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Márcia Batista Almeida, Ana; Gilson Gomes Feitosa, Marcos. A construção da confiança na relação entre consultores organizacionais e clientes : uma compreensão baseada no conhecimento da vida cotidiana e na prática reflexiva. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: Esta dissertação tem como objetivo investigar os aspectos inerentes à construção da confiança, enquanto processo sócio-cognitivo e numa perspectiva diacrônica, apontados por consultores organizacionais e clientes nos seus relacionamentos. Neste estudo, a perspectiva teórica que apóia a interpretação da confiança é a abordagem sócio-construcionista, que entende o conhecimento enquanto construção social, sendo mediado pela linguagem durante as interações. Os estudos de Berger e Luckmann (2005) sobre o conhecimento da vida cotidiana e os estudos de Schön (1983), Argyris e Schön (1974) sobre as teorias que orientam as ações deliberadas dos sujeitos, no contexto de uma prática profissional reflexiva, são elucidativas para o alcance dos objetivos propostos. A pesquisa teve um caráter qualitativo e a estratégia metodológica adotada foi a pesquisa de campo, realizada junto a consultores e clientes na Região Metropolitana de Recife, em que se procurou identificar situações presentes em fases anteriores, durante e posteriores ao relacionamento, que influenciassem na construção da confiança. Concluiu-se que a confiança vincula-se ao exercício de papéis sociais e tem um caráter evolutivo, estando relacionada, inicialmente, aos atributos tipificados institucionalmente. Numa fase posterior, a confiança se apresenta à medida que, na interação social, as ações dos atores são ressignificadas em uma prática reflexiva, notadamente adotada pelo consultor, mas que também provoca o cliente a se rever a partir dessa experiência compartilhada
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/781
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1149_1.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.