Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4161
Título: Processos aprendentes e ensinantes dos/as artesãos
Autor(es): Fernandes da Silva, Everaldo
Palavras-chave: Educação Popular; Saberes Populares; Processos Aprendentes-Ensinantes; Pensamento Complexo
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Fernandes da Silva, Everaldo; Eliete Santiago, Maria. Processos aprendentes e ensinantes dos/as artesãos. 2011. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: A pesquisa procurou compreender os processos aprendentes e ensinantes dos/as artesãos/ãs do Alto do Moura, construídos sem a mediação da escola, mediante os contextos e os sonhos mobilizadores, as estratégias, os modos, as formas e a busca de validação social. A dinâmica dessas aprendizagens tem como cenário o Alto do Moura que se evidenciou como campo empírico. Baseamo-nos nos referenciais teóricos da Educação Popular e do Pensamento Complexo, segundo seus respectivos expoentes, Paulo Freire e Edgar Morin, que, em diálogo e subsidiados pelas contribuições de Carlos Rodrigues Brandão, Alder Júlio Calado, Fritjof Capra, Maturana e Varela, produziram lentes interpretativas deste fenômeno educativo-cultural. A metodologia de natureza qualitativa foi desenvolvida a partir das histórias de vida dos/das artesãos/ãs e adotada a entrevista semi estruturada, a observação participante e a análise de documentos como procedimentos para a coleta dos dados, enquanto para a organização e análise dos dados utilizamos da Análise de Conteúdo, com ênfase nos eixos temáticos, na perspectiva de Laurence Bardin (1977). Os resultados obtidos mediante a triangulação entre a vida, os sujeitos e as aprendizagens indicam a simultaneidade das aprendizagens leitoras, artesãs e cidadãs, em um movimento diacrônico e sincrônico, que denota peculiaridades dos processos aprendentes e ensinantes dos ceramistas do Alto do Moura, possibilitando, desse modo, a afirmação de que há uma epistemologia dos saberes populares
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4161
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo6407_1.pdf9,46 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.