Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9894
Title: O dito, o interdito e a distorção sistemática da comunicação: a contribuição do modelo de Habermas à sociologia do jornalismo
Authors: Costa Lima da Rocha, Heitor
Keywords: Sistemática da comunicação; Modelo de Haberma; Sociologia do Jornalismo
Issue Date: 2004
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Costa Lima da Rocha, Heitor; Maria Junqueira, Lília. O dito, o interdito e a distorção sistemática da comunicação: a contribuição do modelo de Habermas à sociologia do jornalismo. 2004. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Abstract: Esta tese tem o objetivo de contribuir para o enriquecimento da sociologia do jornalismo, através da absorção de conteúdos da Teoria da Ação Comunicativa de Jürgen Habermas relevantes para a compreensão da mídia noticiosa e de seu papel na sociedade hodierna. Assim, parte de uma fundamentação da sociologia em termos de teoria da linguagem, tendo o sentido como categoria sociológica básica, e da compreensão de que a mídia é um subsistema funcional aberto, que possibilita a formação de opinião e vontade pelos movimentos sociais periféricos à estrutura de poder, capaz de se constituir em Poder Comunicativo e ser institucionalizada no sistema político. O trabalho adota, epistemológica e metodologicamente, a proposta habermasiana de uma postura heterodoxa, aberta tanto às ciências empírico-analíticas quanto às histórico-hermenêuticas, as quais confronta com o compromisso emancipatório das ciências críticas. Num terceiro momento, propõe a utilização da dicotomia facticidade - coação de pressões externas que acarreta uma comunicação sistematicamente distorcida - e validade categoria indicadora de consenso racionalmente motivado conforme a ética do discurso habermasiano -, como critério adequado para aferição da construção de sentido, ou de sua retração, nas matérias jornalísticas. A proposta é contrastada com as diversas teorias da notícia e procura aprofundar a análise para além da questão das rotinas jornalísticas, conseguindo esclarecer elementos internos essenciais do discurso jornalístico. Portanto, a comprovação da viabilidade dessas categorias a partir da ética do discurso evidencia a importância da contribuição do modelo habermasiano para o aprofundamento da sociologia do jornalismo
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9894
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9385_1.pdf806.18 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.