Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/983
Title: O Fenômeno da Mentoria Informal no Desenvolvimento Profissional e Pessoal dos Indivíduos: Um Estudo de Caso na Superintendência Regional da Receita Federal na 4ª Região Fiscal
Authors: Vicente Ferreira, Lucas
Keywords: Mentoria; Mentoria informal; Mentoria formal; Coaching
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Vicente Ferreira, Lucas; Maria Rodrigues Calado Dias, Sônia. O Fenômeno da Mentoria Informal no Desenvolvimento Profissional e Pessoal dos Indivíduos: Um Estudo de Caso na Superintendência Regional da Receita Federal na 4ª Região Fiscal. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Este estudo verificou como ocorrem as relações informais de mentoria nos relacionamentos profissionais entre colegas mais experientes e novatos na Superintendência Regional da Receita Federal na 4ª Região Fiscal SRRF04, conforme o modelo de KRAM (1985) e validado por NOE (1988) (chamado de Modelo Internacional). A partir dessa verificação, foram construídos modelos de relações mentoria prospectados entre os profissionais da SRRF04. Para a produção dos resultados deste estudo foi utilizada uma abordagem de estudo de caso, seccional, de caráter descritivo, de categoria quantitativa e qualitativa. Os resultados indicaram que mais de 90% dos profissionais pesquisados confessaram ter participado de relações informais de mentoria. Quanto aos estudos sobre o exercício das funções de mentoria, observou-se que, em primeiro lugar, as mais importantes são aquelas que tratam da transferência de conhecimento e liderança. Em segundo lugar, as funções que mostram o profissional como modelo e as que incluem amizade e aconselhamento. Na comparação dos modelos prospectados com Modelo Internacional foram observadas fortes semelhanças estruturais. Entretanto houve diferenças razoáveis na composição das funções de mentoria e na importância dada a cada uma delas. Uma semelhança irrefutável entre os referidos modelos foi a constatação da divisão das funções de mentoria em duas categorias: I - funções de apoio ao desenvolvimento da carreira profissional; II - funções de apoio psicossocial. Um resultado muito nítido que pôde ser observado foi, que na percepção dos profissionais pesquisados, as relações de mentoria atendem prioritariamente à transferência de conhecimento
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/983
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1311_1.pdf6.74 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.