Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9661
Título: Caracterização térmica dos solos
Autor(es): de Almeida Maciel Neto, José
Palavras-chave: Difusividade térmica; Condutividade térmica; Método harmônico; Método logarítmico; Modelo de Campbell; Modelo de Laurent e Chaley-Guerre.
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: de Almeida Maciel Neto, José; Celso Dantas Antonino, Antônio. Caracterização térmica dos solos. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: Para uma caracterização térmica de um solo é necessária a determinação das suas propriedades térmicas, pois elas ditam como são o armazenamento e a propagação da energia térmica nos solos em função do tempo e da profundidade. O gerenciamento das propriedades térmicas é uma importante ferramenta na gestão do regime de temperatura para caracterizar o microclima local e para beneficiar a germinação das sementes e o crescimento das plantas no solo. Nesse trabalho, foi feita a caracterização térmica em dois tipos de solos na região do Agreste Meridional do Estado de Pernambuco, classificados como Latossolo Amarelo e Neossolo Regolítico. Com a finalidade de determinar as propriedades térmicas dos referidos solos, o modelo de De Vries foi utilizado para calcular a capacidade térmica volumétrica, e, para a difusividade térmica, utilizaram-se os métodos harmônico e logarítmico. Os valores encontrados da condutividade térmica variaram de 0,26 até 1,44 W.m-1.K-1, nos dois tipos de solos, situando-se dentro da faixa de valores obtidos por outros pesquisadores. A estimativa da condutividade térmica foi feita através dos modelos de Campbell e de Laurent e Chaley - Guerre. As diferenças entre os resultados obtidos e os estimados pelos modelos adotados foram muito pequenas, sugerindo que os dois modelos sejam aceitáveis para a estimativa da condutividade térmica nesses tipos de solos, em condições naturais. Portanto, os resultados apresentados aumentam a área de aplicação dos modelos matemáticos que predizem a caracterização térmica do solo, o que deverá melhorar a confiabilidade e a precisão no entendimento das relações solo-planta-atmosfera. Assim sendo, fornecem mais subsídios para um estudo de técnicas ecológicas de cultivo adequadas para esses tipos de solo
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9661
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Tecnologias Energéticas e Nucleares

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo7541_1.pdf1,32 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.