Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9328
Title: Movimentos sociais: ação sócio-política na região de Picos a partir da ação sócio-educativa do Movimento de Educação de Base MEB, no período de 1985 -1995
Authors: Oneide Fialho Rocha, Maria
Keywords: Cidadania; Movimentos Sociais; Educação; Educação Popular
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Oneide Fialho Rocha, Maria; Rodrigues Costa, Monica. Movimentos sociais: ação sócio-política na região de Picos a partir da ação sócio-educativa do Movimento de Educação de Base MEB, no período de 1985 -1995. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Esta dissertação tem como foco a ação sócio-educativa do Movimento de Educação de Base - MEB e a ação sócio-política dos movimentos sociais na região de Picos, no período de 1985-1995. Norteia-se pelo objetivo geral de compreender o campo político-educativo produzido pela pedagogia do MEB junto aos movimentos sociais em Picos. Neste sentido, foi estabelecida como problemática que norteou todo o processo investigativo a seguinte indagação: de que modo a ação sócio-educativa do MEB, na região de Picos, influenciou as ações sócio-políticas dos movimentos sociais por ele assessorados? Tem como base teórico-metodológica a concepção marxista que considera as lutas sociais como consequência da sociedade de classes e busca compreender a ação sócio-educativa numa perspectiva de fomentar leituras críticas a respeito da realidade, numa concepção dialética da história. Fundamenta-se,nas concepções teóricas gramscianas da não neutralidade do processo educacional. Orienta-se também nos pressupostos da educação problematizadora de Paulo Freire norteadas por idéias forças, que refletem sobre o homem e o seu meio de vida concreto, numa práxis da educação popular, na qual o povo se identifica como sujeito coletivo da transformação histórica e cultural do país. Nessa perspectiva, a partir do ponto de vista dos sujeitos sociais entrevistados na coleta de dados, afloram as contradições e os conflitos entre libertação/dominação, tanto no que diz respeito às relações entre dirigentes e a base dos movimentos sociais, como no enfrentamento às estruturas de poder nas lutas dos movimentos sociais. Além desses aspectos que evidenciam essa relação entre o MEB e os movimentos sociais os sujeitos entrevistados ressaltam, também, o acentuado processo de organização popular na região de Picos, na década de 1980, a partir das CEBs e do trabalho do MEB e a prática educativa-formativa que qualificou a ação do movimentos sociais frente ao poder público e tinha como objetivo principal contribuir para o despertar de uma consciência crítica cidadã. Diante desses elementos, conclui-se que o MEB de Picos foi capaz de realizar uma ação sócio-educativa que despertou e orientou a ação sócio-política dos movimentos sociais, que emergiram como sujeitos da sua própria história, numa perspectiva de transformação social
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9328
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2588_1.pdf2.7 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.