Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9062
Título: Influência do treinamento físico moderado e da atividade física voluntária na plasticidade fenotípica de ratos
Autor(es): Hermes Pires de Melo Montenegro, Iracema
Palavras-chave: Atividade física; Plasticidade fenotípica; Período crítico de desenvolvimento; Treinamento físico moderado.
Data do documento: 31-Jan-2012
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Hermes Pires de Melo Montenegro, Iracema; Virgínia Góis Leandro, Carol. Influência do treinamento físico moderado e da atividade física voluntária na plasticidade fenotípica de ratos. 2012. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.
Resumo: Objetivo: Avaliar os efeitos do treinamento físico moderado sobre a leptinemia em ratos adultos submetidos à desnutrição protéica perinatal e da atividade física voluntária em ratos em desenvolvimento. Métodos: Esta pesquisa foi dividida em duas etapas: (1) avaliação dos efeitos do treinamento físico moderado sobre ratos adultos submetidos à desnutrição perinatal, (2) avaliação do nível de atividade física em ratos. 1ª Etapa. 24 ratos filhotes machos da linhagem Wistar (8 ratas Wistar, genitoras) através de suas genitoras, foram submetidos a uma dieta normoprotéica (17% caseína, n = 12) ou uma dieta de baixa proteína (8% de caseína, n = 12) durante o período perinatal. No 60º dia de idade, os animais foram subdivididos em 4 grupos: dieta normoprotéica (controle, C, n = 6), dieta de baixa proteína (desnutrido, D, n = 6), dieta normoprotéica e treinado (treinado, T, n = 6) e dieta de baixa proteína e treinados (desnutrido e treinado DT, n = 6). Os ratos foram treinados através de corrida em uma esteira durante 8 semanas (5 dias / semana, 60 min / dia a 70% do VO2 máx). O peso corporal e taxa de crescimento foram registrados diariamente durante todo o experimento. Após o período de treinamento, aos 118 dias de idade o tecido adiposo visceral e subcutâneo foi retirado para avaliação de leptina (analisados por Western Blot). 2ª Etapa. Ratos Wistar (23 dias de idade) foram divididos em dois grupos: controle (C, n = 05 gaiolas, 20 animais) e ativo (A, n = 05, 20 animais). Os animais foram mantidos em ciclo claro-escuro invertido e avaliados semanalmente. O grupo ativo, dos 23 aos 90 dias de idade, realizou atividade física voluntária utilizando o cicloergômetro. O grupo controle permanecia em gaiola padrão de biotério. Medidas de peso, comprimento e consumo alimentar e hídrico foram registrados durante todo o experimento. Aos 90 dias de idade, as medida da circunferência torácica e abdominal foram realizadas e em seguida os animais foram sacrificados. O sangue foi removido para a análise bioquímica de glicose, colesterol, triglicerídeos e proteína total. Resultados: 1ª Etapa. Aos 118 dias de idade, os animais submetidos a dieta de baixa proteína no período perinatal e treinamento físico apresentaram aumento da leptina no tecido adiposo visceral (p<0.05). 2ª Etapa. Quanto à atividade física voluntária, os animais realizaram atividade durante o período escuro apresentando dois períodos com um maior número de animais no cicloergômetro. O primeiro momento entre as 06:00 e 09:00h e o segundo, menor que o anterior, entre as 15:00 e 16:00h. Os animais ativos mostraram maior peso corporal que o controle a partir dos 63 dias de idade (p<0.05). O percentual de ganho de peso foi maior no grupo ativo a partir dos 70 dias de idade (p<0.05). A partir dos 42 dias de idade, o consumo alimentar foi maior no grupo ativo a partir dos 42 dias de vida (p<0.05). A bioquímica sérica avaliada indicou menor glicemia nos ratos ativos (p<0.05). Conclusão: O treinamento físico moderado atenua a resposta adaptativa da leptina no tecido adiposo visceral à desnutrição perinatal. Adaptações fenotípicas à atividade física (peso corporal, circunferência toráxica e abdominal e glicemia) podem ser evidenciadas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9062
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Nutrição

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo9001_1.pdf2,15 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.