Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8853
Title: Prevenção da anemia ferropriva em lactentes da Zona da Mata Meridional de Pernambuco
Authors: de Lourdes Perez Diaz Teixeira, Maria
Keywords: Anemia ferropriva; Lactentes; Aleitamento materno; Anemia materna; Prevenção; Intervenção; Orientação alimentar
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Lourdes Perez Diaz Teixeira, Maria; de Carvalho Lima, Marilia. Prevenção da anemia ferropriva em lactentes da Zona da Mata Meridional de Pernambuco. 2007. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: Esta tese é apresentada sob a forma de um artigo de revisão da literatura e dois artigos originais. A revisão da literatura discorre sobre a importância da deficiência de ferro e a anemia dela decorrente para os lactentes, bem como das estratégias preventivas que têm sido preconizadas. O primeiro artigo original aborda o papel da alimentação, mais especificamente do aleitamento materno exclusivo, na prevenção da anemia no lactente. Aborda ainda a relação entre a anemia materna como fator determinante da anemia no lactente, mesmo em crianças a termo e com peso adequado ao nascer. Este estudo teve como objetivo verificar a associação entre o tipo de aleitamento e a anemia materna com a concentração da hemoglobina de lactentes aos seis meses de idade, residentes em áreas urbanas de quatro cidades da Zona da Mata Meridional de Pernambuco. Os resultados mostraram que não houve relação entre o tipo de aleitamento e a concentração de hemoglobina das crianças. A hemoglobina das crianças mostrou associação com a hemoglobina materna mesmo no grupo de crianças em aleitamento total, apontando para a necessidade da prevenção da anemia na mãe, se possível antes da concepção, na gestação e lactação. O segundo artigo original traz questionamentos sobre o impacto da suplementação de lactentes com sulfato ferroso, bem como da orientação alimentar, como estratégias efetivas para o controle da anemia ferropriva no lactente. Este foi um estudo de intervenção de base comunitária, randomizado, controlado, no qual os resultados obtidos mostram que o uso do sulfato ferroso impediu que a média de hemoglobina diminuísse conforme o esperado para esta faixa etária. Os resultados confirmam ser a anemia em lactentes um relevante problema de saúde pública, havendo necessidade de mais estudos para um diagnóstico mais seguro, melhor identificação de fatores associados e estratégias mais efetivas para o seu controle. A orientação alimentar deve acompanhar qualquer atividade de prevenção, sendo fundamental a utilização de estratégias de comunicação mais abrangentes, com envolvimento da comunidade, além dos profissionais de saúde da área
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8853
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8587_1.pdf10.55 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.