Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8821
Title: Potencial antimicrobiano do óleo essencial de orégano (Origanum vulgare L.) : uma abordagem para uso em sistemas de conservação de alimentos
Authors: Leite de Souza, Evandro
Keywords: Origanum vulgare L.; Óleo essencial; Bactérias; Leveduras; Atividade antimicrobiana
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Leite de Souza, Evandro; Lúcia Montenegro Stamford, Tânia. Potencial antimicrobiano do óleo essencial de orégano (Origanum vulgare L.) : uma abordagem para uso em sistemas de conservação de alimentos. 2006. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Origanum vulgare L. (orégano) têm sido reconhecido como uma espécie vegetal possuidora de várias propriedades terapêuticas, de modo que atualmente seu potencial antimicrobiano vem recebendo um grande interesse científico. Este estudo objetivou analisar a efetividade do óleo essencial de O. vulgare em inibir o crescimento de cepas de microrganismos de interesse em alimentos, bem como avaliar a interferência de diferentes tratamentos térmicos sobre a sua efetividade antimicrobiana e composição química. O screening do potencial antimicrobiano do óleo essencial foi realizado através da técnica de difusão em meio sólido, a Concentração Inibitória Mínima-CIM foi determinada através da técnica de difusão em meio sólido e microdiluição, enquanto a avaliação da interferência da CIM sobre a viabilidade microbiana foi realizada através da contagem de células viáveis em placa. A identificação e quantificação dos componentes do óleo essencial foram realizadas através de cromatografia gasosa espectrometria de massa. O óleo essencial de O. vulgare mostrou proeminente poder de inibição do crescimento de todas as cepas microbianas ensaiadas. Os valores de CIM oscilaram entre 80 e 5 &#956;L/mL quando determinada através da técnica de difusão em meio sólido, enquanto o método da microdiluição mostrou valores de CIM entre 5 e 0.62 &#956;L/mL. A CIM determinada pela técnica de difusão em meio sólido foi capaz de causar significante (p<0,05) efeito inibitório da viabilidade de todas as cepas de bactéria e de leveduras ensaiadas. De outra forma, a CIM determinada pela técnica de microdiluição não mostrou eficiência na inibição da viabilidade da maioria das cepas ensaiadas. O óleo essencial em diferentes concentrações (80, 40, 20 &#956;L/mL) mostrou capacidade de inibição da microbiota autóctone de carne moída armazenada sob refrigeração. A exposição do óleo essencial a diferentes tratamentos térmicos (temperatura ambiente, 60, 80, 100, 120°C/1hora) não apresentou interferência (p<0,05) sobre seu potencial antimicrobiano e composição química. A análise da composição do óleo essencial mostrou uma predominância de terpenos e compostos terpênicos, apresentando carvacrol e p-cimeno como componentes majoritários. Conclui-se, que o óleo essencial de O. vulgare apresenta-se como uma potencial fonte de agentes antimicrobianos para uso na conservação de alimentos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8821
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8568_1.pdf1.64 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.