Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8787
Title: Estado nutricional e uso de medicamentos em idosos assistidos pela Estratégia Saúde da Família
Authors: Joany Felizardo Neves, Sabrina
Keywords: Idoso; Saúde do idoso; Estado nutricional; Uso de medicamentos; Polifarmacoterapia
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Joany Felizardo Neves, Sabrina; Kruse Grande de Arruda, Ilma. Estado nutricional e uso de medicamentos em idosos assistidos pela Estratégia Saúde da Família. 2011. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: INTRODUÇÃO: O processo de envelhecimento leva a redução das funções biológicas que somadas a um estilo de vida inadequado estimula a ocorrência de doenças crônicas e alterações do estado nutricional o que consequentemente estimula o uso de medicamentos. Os idosos são a parcela da população mais medicalizada, porém nesse grupo o uso de medicamentos pode levar a resultados indesejados, e ainda afetar o estado nutricional, outrossim uma condição nutricional inadequada pode alterar a ação dos medicamentos, diminuindo sua eficácia terapêutica e/ou aumentando a probabilidade da ocorrência de efeitos colaterais, reações adversas e interações medicamentos-nutrientes. OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e sua relação com uso de medicamentos em idosos residentes em áreas adscritas a Estratégia Saúde da Família (ESF) do município do Recife. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra de 400 indivíduos acima de 60 anos, residentes na área de abrangência da ESF em Recife/PE, selecionados por amostra probabilística sistemática. Os dados foram coletados em pesquisa domiciliar com aplicação de formulário e aferição de peso e estatura utilizados para composição do Índice de Massa Corporal que foi categorizado em baixo peso (IMC<22), Eutrofia (22<IMC<27), Excesso de Peso (IMC&#8805;27). As análises estatísticas constituíram-se de: análises descritivas; Qui-quadrado de Pearson, Teste de Kruskal-Walis e Regressão logística politômica. O nível de significância adotado correspondeu a 0,05. RESULTADOS: 66,5% dos idosos apresentavam alterações do estado nutricional (13,5%, baixo peso e 53,0% excesso de peso). O baixo peso apresentou-se mais prevalente entre: idosos mais velhos (80 e mais anos), do sexo masculino e fumantes; já o excesso de peso foi mais prevalente em idosos jovens e do sexo feminino. A prevalência de uso de medicamentos foi 82,4%, a polifarmácia ocorreu em 11% dos casos. Associaram-se ao uso de medicamentos: maior média de consultas médicas, escolaridade alta, sexo feminino, habito de fumar e excesso de peso. Foram identificadas 278 potenciais interações entre medicamentos e nutrientes (PIMN), com média de 0,8 (DP=0,97). CONCLUSÃO: Maior parte da população investigada apresentou estado nutricional inadequado e o excesso de peso constituiu o problema nutricional mais prevalente. A prevalência de uso de medicamentos entre os idosos foi elevada e a polifarmácia obteve maior chance de ocorrência entre as mulheres e idosos com 10 anos ou mais de estudo. Verificou-se relação entre aumento do uso de medicamentos e alteração do estado nutricional (excesso de peso). A ocorrência de PIMN foi mais frequente que a de portenciais interações medicamentosas, os medicamentos envolvidos são comumente empregados na farmacoterapia do diabetes e hiperetensão. Os resultados do presente estudo evidenciam a fragilidade do controle do estado nutricional e do uso de medicamentos entre os idosos assistidos pela Estratégia Saúde da Família, e sinalizam para a necessidade de adoção de ações mais efetivas para a promoção do uso racional de medicamentos e do adequado estado nutricional voltadas para as necessidades da população idosa
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8787
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo7068_1.pdf2.47 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.