Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8587
Title: Autopercepção do peso corporal, estado nutricional e padrão alimentar de funcionários de uma universidade pública de Recife-PE
Authors: Morgana Rodrigues da Silva Dias, Fábia
Keywords: Peso corporal; Transtornos da alimentação; Percepção do peso; Percepção; Peso corporal ideal
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Morgana Rodrigues da Silva Dias, Fábia; Coelho Cabral, Poliana. Autopercepção do peso corporal, estado nutricional e padrão alimentar de funcionários de uma universidade pública de Recife-PE. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Esse estudo objetivou identificar a associação entre o estado nutricional real e o padrão alimentar com a percepção do peso corporal de funcionários de uma universidade pública da cidade do Recife. A amostra foi composta por 267 funcionários, avaliados através de questionário que abordou aspectos demográficos, socioeconômicos, dietéticos e de estilo de vida, além da avaliação antropométrica e da autopercepção do peso. Quanto aos resultados, aproximadamente 60% da amostra estudada apresentaram excesso de peso, dentre os quais, cerca de 20% eram obesos, não sendo encontrado diferencial significante entre os sexos. Em relação à percepção do peso corporal, 38,0% e 9,7% dos homens e 41,2% e 22,9% das mulheres se percebiam como acima do peso e muito acima do peso, respectivamente (p=0,0035). Quanto ao estudo comparativo entre o estado nutricional diagnosticado e a percepção do peso corporal, apenas entre os homens houve discordância (p=0,0049), com subestimação do peso real. Em relação ao padrão alimentar, as mulheres que se percebiam com excesso de peso atenderam mais às recomendações de gorduras e açúcares do que as que possuíam diagnóstico. Além disso, mulheres consumiam mais alimentos para compensar momentos tristes que homens, principalmente massas, chocolates e outros doces. Mais estudos são necessários na população brasileira sobre a percepção do peso, a fim de direcionar as ações educativas não apenas para o diagnóstico nutricional, mas também considerar a percepção da pessoa sobre seu próprio peso
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8587
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8483_1.pdf1 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.