Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8576
Title: Pré-tratamento de uvas cv. Thompson Seedless cultivadas no Vale do São Francisco com altas concentrações de CO2
Authors: MELO NETO, Manoel Luiz de
Keywords: Armazenamento; Qualidade; Botrytis; conservação; Crimson Seedless
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Luiz de Melo Neto, Manoel; Barbosa Guerra, Nonete. Pré-tratamento de uvas cv. Thompson Seedless cultivadas no Vale do São Francisco com altas concentrações de CO2. 2009. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: Fungos que causam podridões pós-colheita acarretam prejuízos nas Regiões produtoras de uvas no mundo, inclusive no Vale do São Francisco, Nordeste do Brasil. Para contornar este problema as uvas destinadas ao mercado externo, são tratadas com saches de SO2 colocados dentro das embalagens, cujos efeitos na qualidade da uva são discutíveis. Uma das alternativas pesquisadas com relação a este método é a utilização de altas concentrações de CO2 em pré-tratamento que até o momento não foi aplicado à uva Thompson Seedless do Vale, justificando este estudo, que visa avaliar o emprego desta técnica na sua conservação. Assim, realizaram-se três experimentos: 1. Sintomas da podridão foram reproduzidos por meio de quatro procedimentos: disco de micélio; papel de filtro; gota; pulverização e o controle, testados em uvas Itália Melhorada e Crimson , com suspensões de Botrytis (105 e 106 conídios.mL-1) a 25 ± 1 °C/80-90% UR. 2. Uvas Thompson Seedless foram inoculadas com Aspergillus niger em quatro concentrações por gota e pulverização, em três condições ambientais (Temperatura ambiente, Ar condicionado e Frigocâmara). Os dados foram submetidos ao teste de Tukey a 5% de probabilidade. 3. Uvas Thompson Seedless foram submetidas aos tratamentos: controle sem inóculo (CSI); controle com inóculo (CCI); sache de metabissulfito; 10% CO2, 20% CO2 e 30% CO2, submetidos a 6 ± 1°C/85-95% UR por 39 dias. Os sólidos solúveis; acidez titulável; firmeza; perda de peso; compostos fenólicos totais, número de micélio por baga e análises sensoriais, foram comparados por Duncan. A atmosfera 10% CO2 conservou a qualidade das uvas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8576
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3862_1.pdf1.17 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.