Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8560
Title: Características físicas, químicas e compostos bioativos em pequis (Caryocar coriaceum Wittm.)
Authors: OLIVEIRA, Maria Elisabeth Barros de
Keywords: Pequi;Frutas nativas;Características físicas;Composição química;compostos bioativos
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Elisabeth Barros de Oliveira, Maria; Barbosa Guerra, Nonete. Características físicas, químicas e compostos bioativos em pequis (Caryocar coriaceum Wittm.). 2009. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: Na Chapada do Araripe CE, o pequizeiro (Caryocar coriaceum Wittm.) se destaca das demais frutíferas pela importância socioeconômica e pelo grau de aceitabilidade de seus frutos refletido na multiplicidade de usos, tanto na cozinha regional como na farmacopéia popular. Considerando a exigüidade das informações na literatura sobre essa espécie, a variabilidade e heterogeneidade das populações de pequizeiros nativos, foi realizada esta pesquisa, com frutos de 35 plantas de pequizeiros localizadas nessa região, com o objetivo de avaliar: a variabilidade entre as plantas; o potencial nutricional, agroindustrial e as propriedades funcionais de seus frutos e identificar as plantas mais promissoras. Frutos inteiros, cascas, amêndoas, polpas e sementes dessas plantas foram caracterizados por meio de parâmetros físicos, químicos. Os dados (média de 25 frutos/planta) foram avaliados por estatísticas descritivas (medidas de tendência central e variabilidade dos dados) e métodos de análise multivariada (análise de agrupamento e de componentes principais). De acordo com os resultados: a espécie Caryocar coriaceum Wittm apresenta uma considerável variabilidade e que entre as características estudadas o peso do fruto, da casca e as coordenadas de cor b* e L* foram as que mais contribuíram para a caracterização dos genótipos; cinco grupos de plantas com características fenotípicas similares foram identificadas pela análise de agrupamento e as melhores características para processamento industrial foram exibidas pelos frutos provenientes das plantas 01, 02, 03; 05; 07; 14; 22 e 26. Foi evidenciado ainda: a importância nutricional do pequi como fonte de energia, principalmente de sua amêndoa com elevados percentuais de proteínas, zinco, manganês, cobre e fósforo; a adequação de suas características físico-químicas para consumo in natura e obtenção de óleo e, em adição, a capacidade antioxidante exibida pelos extratos dos frutos, de todas as plantas em estudo, com destaque para as plantas 14 e 29. Estes resultados confirmam o considerável potencial agroindustrial, nutricional e antioxidante do pequi capaz de contribuir para a manutenção da saúde
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8560
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3852_1.pdf3.59 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.