Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8309
Title: Caracterização e distinção analítica e quimiométrica de vinhos elaborados no Vale do São Francisco e no Rio Grande do Sul
Authors: ANDRADE, Marcelo Farias de
Keywords: Vinho; Vale do São Francisco; Quimiometria
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Farias de Andrade, Marcelo; Paula Silveira Paim, Ana. Caracterização e distinção analítica e quimiométrica de vinhos elaborados no Vale do São Francisco e no Rio Grande do Sul. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Química, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: Vinhos de qualidade são elaborados em regiões vinícolas específicas e podem ser caracterizados quanto à sua composição química e sensorial. O Vale do Submédio São Francisco (VSMSF) é uma nova região produtora em ascensão que necessita de estudos para a caracterização dos vinhos, a fim de poder descrevê-los e obter se uma identidade geográfica dos mesmos. Utilizou se metodologias analíticas oficiais para a determinação do pH, acidez titulável total (Att), densidade (den), extrato seco (Ext), teor alcoólico (EtOH), concentração de sódio(Na+), potássio (K+), fósforo (PO4 3-) e amônio (NH4 +) com o objetivo de se caracterizar vinhos tintos e brancos, comerciais e experimentais do VSMSF e tintos comerciais do Rio Grande do Sul (RS). As técnicas quimiométricas Análise por Componentes Principais (PCA) e Análise de Agrupamentos Hierárquico (HCA) foram realizadas para distinção dos vinhos analisados, e os métodos de Regressão por Mínimos Quadrados Parciais (PLS) e Regressão por Componentes Principais (PCR) foram aplicados em um teste preliminar para a determinação de alguns destes parâmetros utilizando-se espectros na região do infravermelho próximo. Observou-se que os vinhos tintos comerciais do VSMSF possuem valores mais elevados de densidade, extrato seco, sódio, potássio, amônio e fósforo, sendo, portanto, diferentes dos vinhos comerciais do RS e de vinhos experimentais do VSMSF aqui analisados. Os vinhos do VSF apresentaram também valores elevados de pH e baixa graduação alcoólica, o que pode ocasionar uma rápida degradação dos mesmos. Utilizando-se análises quimiométricas PCA e HCA foi possível diferenciar os vinhos comercias do Vale dos demais vinhos analisados em relação aos parâmetros aqui estudados, bem como pelos seus espectros de infravermelho próximo (NIR) e médio (MID). As regressões por PCR e PLS, em estudo preliminar, mostraram a possibilidade de utilização do espectro NIR para a predição de alguns parâmetros determinados neste trabalho
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8309
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4306_1.pdf1.75 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.