Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8159
Title: Desenvolvimento neuro-motor e estado nutricional de crianças dos 7 aos 9 anos de idade da cidade de Vitória de Santo Antão Pernambuco que apresentaram ou não baixo peso ao nascer: um estudo piloto
Authors: ALMEIDA, Marcelus Brito de
Keywords: Crescimento; Desenvolvimento; KTK; Atividade física; Estado nutricional
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Brito de Almeida, Marcelus; Lopes de Souza, Sandra. Desenvolvimento neuro-motor e estado nutricional de crianças dos 7 aos 9 anos de idade da cidade de Vitória de Santo Antão Pernambuco que apresentaram ou não baixo peso ao nascer: um estudo piloto. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Neuropsiquiatria e Ciência do Comportamento, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: No presente estudo, crianças baixo peso ao nascer (BPN) e peso normal ao nascer (PN) dos sete aos nove anos de idade foram avaliadas quanto à antropometria, à composição corporal, ao nível de atividade física habitual (NAFH) e ao desempenho em testes de desenvolvimento neuro-motor. A amostra foi constituída por 142 crianças, nascidas na cidade de Vitória de Santo Antão - PE, de ambos os gêneros, divididas em dois grupos de acordo com o peso ao nascer (baixo peso &#8804; 2,499g, BPN, n=47 e peso normal &#8805; 3,000g &#8804; 3,999g, PN, n=95). Para avaliação antropométrica, foram aferidos a massa corporal, a estatura, o perímetro cefálico e as dobras triciptal (D-Tric) e subescapular (D-Sub). Para avaliar a composição corporal, foram usados o somatório de dobras subcutâneas, índice de massa corporal (IMC), massa gorda (MG) e massa magra (MM). Para avaliação do estado nutricional foram utilizados os índices massa/idade, estatura/idade e massa/estatura. O nível de atividade física habitual (NAFH) foi avaliado de acordo com o questionário Godin-Shephard. Para a avaliação neuro-motora foi utilizado o teste Körperkoordinations Test für Kinder (KTK), composto por quatro exercícios: saltos monopedal, saltos laterais, equilíbrio nas traves e transposição lateral. As crianças do grupo baixo peso ao nascer (BPN) apresentaram maiores valores de percentual de gordura corporal (%GC), e dos índices de estado nutricional. Os nossos achados indicam que o baixo peso ao nascer (BPN) está associado a um aumento de adiposidade em crianças aos oito anos de idade. As crianças que apresentaram maiores percentuais de gordura corporal (%GC) e excesso de peso aos oito anos de idade, mostraram uma correlação negativa com o desempenho no teste KTK(p<0.05). Houve correlação positiva entre o quociente motor (QM) e o nível de atividade física habitual (NAFH) e negativa entre o quociente motor (QM) e os índices de estado nutricional em crianças com baixo peso ao nascer (BPN) e nascidas de peso normal (PN) (p<0.05). O aumento da adiposidade em crianças com baixo peso ao nascer (BPN) aos oito anos de idade indicam um provável catch up de crescimento resultante da programação fetal. Um melhor desempenho no KTK está relacionado ao nível de atividade física habitual (NAFH)
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8159
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Neuropsiquiatria e Ciência do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1455_1.pdf4.8 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.