Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8024
Title: Uma Análise dos Sentidos Produzidos sobre Tag Clouds: Contribuições da Psicologia para o Design
Authors: MATOS, Flora Albuquerque
Keywords: Psicologia;Produção de sentidos;Sentidos;Blogs;Tag clouds;Web 2.0
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Albuquerque Matos, Flora; Rogério de Lemos Meira, Luciano. Uma Análise dos Sentidos Produzidos sobre Tag Clouds: Contribuições da Psicologia para o Design. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia Cognitiva, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Propusemos nesse estudo que a Psicologia pode contribuir para a produção de conhecimento na área de Design e, para isso, nos apoiamos na perspectiva pragmática para analisar a produção de sentidos sobre tag clouds. Este termo refere-se a um recurso criado para representar o processo de tagging, de atribuir palavras-chave aos conteúdos da web, frequentemente utilizado em blogs. Objetivamos, então, identificar os sentidos produzidos por blogueiros sobre tag clouds a respeito dos motivos de incorporação desse recurso nos blogs e dos padrões de utilização. Para a construção de dados, pesquisamos por posts que discutiram sobre a utilização de tag clouds, visando a identificação dos sentidos sobre os motivos de incorporação; e, por outro lado, para investigar os sentidos sobre os padrões de utilização, convidamos blogueiros para a participação de entrevistas sobre o tema. Encontramos que os sentidos produzidos sobre os motivos de incorporação são direcionados a comparações intrarecurso, entre tipos de tag clouds, e inter-recurso, entre tag clouds e outros recurso como lista de tags e menu. Em relação aos padrões de utilização identificamos que estes estiveram relacionados aos sistemas de informação hospedeiros dos blogs. No 'Blogger.com', tag clouds caracterizam-se como menus para navegação nas páginas pessoais e, em geral, os blogueiros optaram por utilizá-lo nos blogs, e, por outro lado, no 'Wordpress.com', os blogueiros, em sua maioria, não optaram por utilizar tag clouds em suas páginas, já que as tags criadas direcionam para a navegação no sistema de informação. Concluimos, então, que representar tags através de tag clouds no próprio blog significa utilizar esses dados parcialmente, isto é, considerando apenas seu aspecto individual. Contudo, ao representar o conjunto de tags de um sistema de informação em uma única tag clouds, prioriza-se o aspecto coletivo. Porém, as duas dimensões, individual e coletiva, não são excludentes e ao precisar optar por uma dessas, os blogueiros são afastados do que parece ser a característica e função diferenciadora de tags e tag clouds na atividade, isto é, a união entre informações individuais e coletivas, entre interesses e conhecimentos que falam sobre um sujeito e, ao mesmo tempo, sobre uma comunidade
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8024
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Psicologia Cognitiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1229_1.pdf1.99 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.