Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7625
Title: O Ginásio Pernambucano e o Procentro: os desafios para transformar um projeto piloto em política de rede
Authors: Jean Louis Henry Junior, Raul
Keywords: Centro de Ensino Experimental Ginásio Pernambucano;Programa de Desenvolvimento de Centros de Ensino Experimental (Procentro);Replicação de projetos pilotos;Política educacional;Política pública.
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Jean Louis Henry Junior, Raul; Raimundo Oliveira Vergolino, Jose. O Ginásio Pernambucano e o Procentro: os desafios para transformar um projeto piloto em política de rede. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Gestão e Pública p/ o Desenvolvimento do Nordeste, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Projetos pilotos educacionais são feitos para serem replicados até se transformarem em políticas públicas. No entanto, esse objetivo muito dificilmente é alcançado. O propósito deste trabalho é investigar o que acontece nesse processo de replicação. Identificar quais são as oportunidades e os obstáculos para a universalização de um projeto piloto. Isso será feito a partir da investigação do caso do Centro de Ensino Experimental Ginásio Pernambucano (CEEGP) e do Programa de Desenvolvimento de Centros de Ensino Experimental (Procentro). O Brasil já universalizou a oferta do ensino fundamental, criou um sistema de financiamento para a educação básica e implantou a cultura da avaliação de desempenho, mas o desafio da qualidade da escola não foi solucionado. Equacionar esse problema é determinante para o desenvolvimento econômico e social do país. A relevância acadêmica do estudo, por sua vez, encontra-se na escassez da produção científica sobre o tema e na sua consonância com os objetivos deste curso. A primeira etapa do trabalho é apontar os impactos do investimento em educação. A segunda, fazer um diagnóstico da atual situação da educação pública no Brasil. A terceira, relatar a experiência do CEEGP e do Procentro e descrever suas características. A quarta e última etapa, objetivo central do trabalho, é examinar as possibilidades de transformar o projeto piloto e seu programa de replicação em política educacional. A metodologia da pesquisa é a do estudo de caso, com pesquisa qualitativa baseada em entrevistas semi-estruturadas. O referencial teórico segue todas as etapas do texto. As hipóteses a serem testadas são as seguintes: 1) Os resultados acadêmicos do CEEGP e do Procentro justificam tomar o modelo como referência para uma política educacional? 2) Os custos do programa são compatíveis com o orçamento da educação pública no Brasil? 3) O modelo de gestão é adequado ao objetivo de universalização da experiência? 4) Existem, na rede pública, recursos humanos suficientes para o alcance desse objetivo? 5) O sistema de incentivos adotado é capaz de manter a motivação organizacional? 6) A linha pedagógica escolhida é apropriada à replicação do projeto piloto? 7) É possível assegurar a continuidade administrativa até que o programa tenha o tempo suficiente para sua universalização? Das informações obtidas na investigação dessas hipóteses, foram feitas as considerações sobre as possibilidades de formular uma nova política educacional baseada nessa experiência
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7625
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6577_1.pdf6.31 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.