Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7620
Título: Uma inserção de Tortilla Flat e de Esteiros na história do romance
Autor(es): BEZERRA, Antony Cardoso
Palavras-chave: História; Ficção; Romance; Personagem; Tortilla flat; Esteiros
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Cardoso Bezerra, Antony; Lucia Ramalho de Farias, Sonia. Uma inserção de Tortilla Flat e de Esteiros na história do romance. 2006. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: Investigo, por meio deste trabalho, aspectos da situação de Tortilla Flat (de John STEINBECK) e de Esteiros (de Soeiro Pereira GOMES) na História do romance. Para alcançar meu propósito, trilho um percurso que revê leituras que a crítica operou dos referidos livros sempre as inquirindo , problematiza os conceitos de ficção, realidade e História em suas implicações com a linguagem e, por fim, estuda as marcas do gênero romance e, particularmente, o papel da personagem de ficção (como individualidade ou como grupo) nessa esfera. Ainda que os dois textos literários sejam postos frente a frente em mais de um momento, não é aos referenciais da Literatura Comparada que eu me volto com maior constância; antes, às propostas de ISER (2002; 1997) para o estudo da ficcionalidade e de LUKÁCS (2000) e de BAKHTIN (1978) para o romance. Desprezando a eleição de fundamentos homogêneos para a discussão levada a cabo, recorro a vários teóricos e comentadores para embasar a minha própria visão das questões que abordo. Também fugindo à convencionalidade, analiso os romances pari passu às reflexões teóricas, o que, calculo, oferece maior organicidade à tese. Ao termo de minha investigação, foi possível perceber que (a) sendo o romance um gênero caracteristicamente multifacetado, é um instrumental de diversa cepa que fornece bases mais pertinentes ao seu inquérito, sempre com ênfase na inscrição histórica dos discursos; (b) os comentários que os autores literários emitem sobre as respectivas composições podem ser tomados como ponto de partida para a análise dos textos, mas, jamais, como referência inelutável; (c) tanto em Tortilla Flat como em Esteiros e por motivações distintas , a presença de um suposto protagonista coletivo não é capaz de lenificar o papel desempenhado pelos indivíduos ficcionais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7620
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Teoria da Literatura

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo7877_1.pdf1,56 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.