Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6812
Título: Diversidade genética de leveduras do complexo Saccharomyces sensu stricto
Autor(es): DANTAS, Giordanni Cabral
Palavras-chave: Híbridos;Cariotipagem;Tipagem;Saccharomyces cerevisiae;Marcadore molecular
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Cabral Dantas, Giordanni; Antônio de Morais Júnior, Marcos. Diversidade genética de leveduras do complexo Saccharomyces sensu stricto . 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Genética, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: O complexo Saccharomyces sensu stricto é atualmente constituído por espécies de leveduras que correspondem aos epítetos Saccharomyces cerevisiae, Saccharomyces paradoxus, Saccharomyces bayanus, Saccharomyces cariocanus, Saccharomyces mikatae, Saccharomyces kudriavzevii, Saccharomyces pastorianus, Saccharomyces uvarum, Saccharomyces monacensis e Saccharomyces carlsbergensis. A grande similaridade fisiológica entre estas espécies decorre da alta semelhança genética que permite até a formação de híbridos interespecíficos que são viáveis, embora estéreis. Atualmente, os taxonomistas têm se utilizado das técnicas de biologia molecular para a identificação e diferenciação dos isolados deste grupo. Tais técnicas podem gerar valiosas informações sobre a composição e o arranjo genômico desse grupo de leveduras, permitindo o entendimento sobre os mecanismos de especiação biológica e de adaptação genética aos ambientes industriais. O objetivo deste trabalho foi tipar as leveduras deste complexo com o iniciador (GTG)5 para verificar o perfil molecular e realizar uma análise cariotípica de seus cromossomos através da eletroforese em campo pulsado (PFGE) e encontramos diferenças principalmente nas linhagens de S. bayanus tanto intra quanto interespecíficas em ambas as técnicas utilizadas e graças a estas técnicas foi percebido que a linhagem CLIB 811 foi classificada equivocadamente como S. bayanus tendo perfil fingerprinting e cariótipo de S. cerevisiae. Também foi verificado a composição alélica para os loci gênicos MET2, URA1, LEU2, HO, YCK1, RPS24A e SNF1 de S. bayanus e constatado que essa levedura possui genes que vieram de S. uvarum
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6812
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Genética

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo781_1.pdf957,54 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.