Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6250
Título: Análise da expressão e investigação de mecanismos envolvidos com o controle da atividade de homólogos do fator de iniciação da tradução eIF4E ao longo do ciclo de vida de Leismania amazonensis
Autor(es): Marques Coutelo Pereira, Mariana
Palavras-chave: Leishmania amazonensis; EIF4E; Fosforilação
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Marques Coutelo Pereira, Mariana; Pompílio de Melo Neto, Osvaldo. Análise da expressão e investigação de mecanismos envolvidos com o controle da atividade de homólogos do fator de iniciação da tradução eIF4E ao longo do ciclo de vida de Leismania amazonensis. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Genética, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: Os tripanossomatídeos são protozoários que causam manifestações clínicas de impacto mundial e possuem características bioquímicas peculiares que os diferem dos demais eucariotos. Sua expressão gênica é regulada em nível pós-transcricional, provavelmente no estágio de iniciação da síntese protéica. A tradução cap-dependente é iniciada através da ligação do fator de iniciação eIF4E, pertencente ao complexo eIF4F, ao cap presente na extremidade 5 dos mRNAs. Foram identificados múltiplos homólogos do fator EIF4E nestes parasitas, que provavelmente estão associados ao seu complexo ciclo de vida. Neste trabalho, nós buscamos entender como ocorre a expressão de quatro homólogos deste fator (EIF4E1-4) durante o ciclo de vida de Leishmania amazonensis. Para tal, foram realizadas curvas a fim de se obter as três principais formas evolutivas do parasita. Todos os homólogos estão presentes ao longo da curva e os EIF4E2-4 apresentam múltiplas isoformas, sugerindo modificações pós-traducionais por fosforilação. Destes, as isoformas dos EIF4E3 e 4 apresentaram expressão constrastante que não interferem com sua localização subcelular, citoplasmática. A ausência de soro fetal bovino no meio induziu uma desfosforilação prematura do EIF4E4 e uma hiperfosforilação do EIF4E3, associados à falta de crescimento celular. EIF4E3 desfosforilado e EIF4E4 fosforilado estão associados a uma maior atividade de tradução. A presença de um inibidor de transcrição influenciou no padrão de expressão dos dois homólogos, porém um inibidor de tradução afetou apenas o EIF4E3. Estes resultados indicam que os homólogos de eIF4E atuam de forma distinta na célula e que a fosforilação deve ter um papel significante na regulação destes fatores em Leishmania e na regulação da síntese de proteínas como um todo
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6250
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Genética

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3688_1.pdf1,86 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.