Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5602
Título: Modelos de criticidade e de priorização de processos de negócio - proposta para uma empresa do setor elétrico
Autor(es): Mendes de Farias Lopes, Mariana
Palavras-chave: Priorização;Criticidade;Gestão por processos;Fundamentos da qualidade
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Mendes de Farias Lopes, Mariana; Paula Cabral Seixas Costa, Ana. Modelos de criticidade e de priorização de processos de negócio - proposta para uma empresa do setor elétrico. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: Este trabalho visa propor sistemáticas para compor um modelo maior de gestão por processos capazes de auxiliar o gestor na identificação dos que são críticos, dentro de um rol de processos de negócio, e priorizá-los mediante critérios específicos concebidos. Os modelos aqui propostos são o Modelo de Crititicidade de Processos e o Modelo de Priorização de Processos. O Modelo de Criticidade teve como base os fundamentos da qualidade, da Fundação Nacional da Qualidade, cujo modelo de gestão é aplicado atualmente em diversas organizações para auto-avaliação da gestão. Tem um foco mais estratégico, pois avalia a gestão sob oito critérios: Liderança, Estratégias e Planos, Pessoas, Processos, Informação e Conhecimento, Clientes, Sociedade e Resultados. Já o Modelo de Priorização de Processos tem um foco mais operacional e avalia os processos de acordo com as especificidades da empresa e quais os aspectos que mais influenciam na tomada de decisão como, por exemplo, o patrocínio da alta gestão na execução do processo, se o mesmo atende a exigências legais, se tem impacto ou relacionamento direto com os clientes e demais stakeholders, entre outros critérios. Para validação dos modelos propostos, utilizou-se de simulações para aplicação de cada um em uma empresa do Setor Elétrico Brasileiro: a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - Chesf. Além disso, para efeito da aplicação, foram considerados os processos de tecnologia da informação da Chesf, visto que já estavam mapeados e tiveram suas maturidades mensuradas. Na análise dos resultados da aplicação foram consideradas a natureza dos processos, as características da empresa e as especificidades dos processos no âmbito da mesma e no contexto atual. E, finalmente, as principais conclusões desta proposta e sua aplicação, as vantagens que podem ser extraídas desses modelos, os pontos de melhoria e sugestões para trabalhos futuros
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5602
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia de Produção

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo715_1.pdf1,89 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.