Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5387
Título: Desenvolvimento de metodologia de análise quantitativa de risco para dutovias de petróleo e derivados
Autor(es): VIANA, Vanina Cardoso
Palavras-chave: Gás Liquefeito de Petróleo (GLP); Dutovias; Análise quantitativa de riscos (AQR); Limites de tolerabilidade
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Cardoso Viana, Vanina; Andrés López Droguett, Enrique. Desenvolvimento de metodologia de análise quantitativa de risco para dutovias de petróleo e derivados. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: O transporte por oleodutos é considerado o transporte mais seguro de substâncias a longas distâncias, o GLP pode ser transportado na sua forma líquida por dutovias, mas a sua construção oferece um risco às comunidades circunvizinhas a faixa de duto, pois o GLP ao ser lançado na atmosfera e à temperatura ambiente torna-se um produto gasoso, inflamável, inodoro e asfixiante em altas concentrações. A Análise Quantitativa de Riscos (AQR) permite quantificar esses riscos, de forma a contribuir para a tomada de decisão quanto às ações para redução dos mesmos. Neste sentido, o presente trabalho desenvolveu e aplicou uma metodologia de AQR em dutovia de GLP, quando foram identificados seis cenários acidentais, dos quais três apresentaram alto grau de severidade. Foi realizado um estudo em que foi comprovada a inexistência de padronização dos níveis de tolerabilidade dos riscos, nos manuais de análise de riscos nos estados brasileiros analisados. Foram obtidos os alcances dos efeitos fiscos e da vulnerabilidade dos cenários selecionados através do software EFFECTS 8.1, o de maior alcance foi de 219,1 metros, para a tipologia acidental de incêndio em nuvem, para o cenário 05 que corresponde à grande liberação de GLP, no período noturno, correspondendo a 100% de fatalidade. Foram estimadas as freqüências de ocorrência e calculados os riscos através do software RiskCurves 7.6 e avaliados através da comparação dos limites de tolerabilidade para dutovias, todos os riscos estiveram na zona de aceitabilidade
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5387
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia de Produção

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo509_1.pdf2,57 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.