Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4898
Title: A formação continuada nas representações sociais de seus formadores
Authors: da Costa Lima, Renata
Keywords: Formação continuada; Formadores; Representações sociais
Issue Date: 31-Jan-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: da Costa Lima, Renata; da Conceição Carrilho de Aguiar, Maria. A formação continuada nas representações sociais de seus formadores. 2012. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.
Abstract: Esta pesquisa buscou compreender quais representações sociais de formação continuada são compartilhadas por seus formadores. Tomamos como categorias centrais a formação e a formação continuada. Essas categorias foram compreendidas a partir da teoria das representações sociais, tendo como suporte Moscovici (1978, 2003, 2003a), Sá (1995, 1996, 1998, 1998a), Abric (1994,1998). Para atingir os objetivos propostos e atender às características do objeto, tomamos como encaminhamento metodológico a abordagem qualitativa. Para tanto, buscamos no Centro de Estudos em Educação e Linguagem (CEEL) os formadores colaboradores deste estudo. Como procedimento metodológico, a pesquisa contou com três etapas, quais sejam: análise da proposta de formação continuada do Centro, aplicação de um teste de associação livre a 20 formadores e, por fim, a entrevista semiestruturada com 10 formadores. A análise da proposta revelou que o CEEL propõe uma formação continuada com base na abordagem crítico-reflexiva, dando ênfase à questão da reflexão, da troca de saberes e do estudo teórico. O teste de associação livre indicou que os formadores entendem o termo formação, principalmente, voltado para a questão da formação de professores especificamente. Quanto ao termo formação continuada, o teste revelou que os formadores apontam apenas elementos positivos quando solicitados a falar sobre formação continuada. Com a entrevista e com o teste de associação livre foi visto que os formadores representam a formação continuada como um momento de curso e que isso desconsidera a dimensão individual do processo de formação. A pesquisa revelou a pessoa do formador como essencial ao processo de (re)significação de (re)configuração e de (re)conceitualização da formação continuada, no contexto das representações sociais, bem como que as representações servem de guias de condutas para eles orientarem as suas praticas relativas aos professores que formam
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4898
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9500_1.pdf818.32 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.