Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4182
Título: Desenvolvimento e avaliação de uma abordagem de ensino de química centrada na curiosidade científica dos estudantes e elaborada com base na teoria da formação das ações mentais por etapas de Galperin
Autor(es): SILVA, Petronildo Bezerra da
Palavras-chave: Curiosidade científica; Teoria da Formação das Ações Mentais por Etapas de Galperin; Aprendizagem Baseada na Resolução de Problemas(ABRP); Generalização e consciência
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Bezerra da Silva, Petronildo; Smith Cavalcante, Patrícia. Desenvolvimento e avaliação de uma abordagem de ensino de química centrada na curiosidade científica dos estudantes e elaborada com base na teoria da formação das ações mentais por etapas de Galperin. 2011. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: A curiosidade científica pressupõe uma predisposição para conhecer e aprender. Possui um valor epistemológico que permite uma conjunção de fatores tais como: poder explicativo, atenção, conteúdo científico e tenacidade para com o objeto de conhecimento. Levando em consideração essas potencialidades da curiosidade científica, esta tese procurou estudar, desenvolver e avaliar uma abordagem de ensino de química, a partir da Base Orientadora da Ação, tratada na Teoria das Ações Mentais por Etapas de Galperin. Foram realizados três estudos. Um estudo piloto com alunos do 1o ano do Ensino Médio da Escola Estadual Ageu Magalhães Recife PE, que fundamentaram os procedimentos e instrumentos utilizados no segundo estudo. O segundo estudo foi desenvolvido com alunos do 1o ano do Ensino Médio do Colégio de Aplicação da UFPE. Os resultados revelaram que a Base de Orientadora da Ação (BOA) utilizada para responder a curiosidade científica dos alunos, mostrou-se adequada conforme as análises estatísticas de confiabilidade, consistência e correlação. No que se refere aos aspectos qualitativos, a Base de Orientação mostrou a importância de analisar de maneira integrada os itens que a compõe de modo a dar uma resposta adequada à curiosidade científica dos alunos. O grau de generalização e consciência das ações realizadas pelos alunos foram de 41% e 36,5% respectivamente, valores que são semelhantes aos resultados alcançados por outras pesquisas da área de ensino de ciências. O terceiro estudo foi realizado com alunos do 9o ano do Ensino Básico da Escola Ribeira de Neiva, localizada no Distrito de Braga-Portugal. Este estudo teve o objetivo de acompanhar e avaliar uma prática de ensino desenvolvida por meio da Aprendizagem Baseada na Resolução de Problemas. Os resultados deste estudo subsidiaram uma análise comparativa entre as duas abordagens. Verificou-se que ambas, embora estejam fundamentadas em pressupostos teóricos e metodológicos diferenciados, responderam adequadamente aos aspectos cognitivos da curiosidade científica dos alunos. Os resultados apontam também para uma avaliação da aprendizagem, na qual é possível ter como parâmetros de avaliação o grau de generalização e o grau de consciência das ações educativas desenvolvidas para a compreensão de conceitos científicos. Uma avaliação que se baseia em critérios estruturantes do pensamento científico numa perspectiva crítica, discursiva e dialética
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4182
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8954_1.pdf2,81 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.