Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4057
Título: A concepção da didática sob o olhar dos (as) alunos (as) dos cursos de licenciatura: uma experiência na FAFIFA
Autor(es): Maria da Cunha Cavalcanti, Ozana
Palavras-chave: Didática; Conhecimento; Prática Pedagógica
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maria da Cunha Cavalcanti, Ozana; Maria Monteiro Silva, Aída. A concepção da didática sob o olhar dos (as) alunos (as) dos cursos de licenciatura: uma experiência na FAFIFA. 2006. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: A concepção de Didática, nas últimas décadas, tem sido objeto de debates e discussões no Brasil e na América Latina, buscando rever os seus paradigmas de forma a ultrapassar a racionalidade técnica e compreender a Didática em uma perspectiva multidimensional. Neste contexto, esta pesquisa teve como objetivo, analisar a compreensão desta concepção, apreendida pelos alunos(as), a partir dos conceitos construídos na prática pedagógica, nos cursos de Pedagogia e Letras da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru, em Pernambuco. O trabalho de campo aconteceu no período de agosto a novembro de 2005, perfazendo uma carga horária de 60 horas-aula no curso de Letras, à tarde, e 60 horas aula no curso de Pedagogia, à noite. O texto consta de uma reflexão/discussão sobre as concepções de conhecimento, prática pedagógica e didática na transição de paradigmas, em uma perspectiva emancipatória, trazendo o referendo de teóricos como Boaventura Santos e Maria Isabel Cunha. Fizemos uma revisita teórica e epistemológica ao campo da Didática em seu processo histórico, articulando estudos e experiências de Vera Maria Candau, Maria Rita N.S. Oliveira, Ilma Passos A Veiga, Pura Lúcia Oliveira Martins e outros autores(as) que buscamos para fazer conexões a fim de sustentar o percurso teórico-metodológico. A pesquisa de campo nos permitiu discutir os saberes que alicerçam o trabalho e a formação dos professores(as) em formação e em exercício. Enquanto processo metodológico, contemplamos a abordagem qualitativa de pesquisa, trazendo aspectos também quantitativos na investigação. O questionário, a observação e a entrevista foram utilizados como instrumentos de coleta de dados e fizemos a análise de conteúdos, com base nos estudos de Bardin, dos documentos que fundamentaram e orientaram esses cursos e o ensino da Didática. De acordo com os resultados da pesquisa, os conceitos de Didática, conhecimento e prática pedagógica apreendidos pelos alunos(as) ultrapassaram o sentido puramente técnico-instrumental na direção de uma teoria-prática referendada no processo de ação-reflexão-ação. Esse processo sinaliza proposições para uma visão da Didática, da prática pedagógica e do conhecimento voltados para a inovação edificante (Veiga 2006) que considera os saberes da realidade dos alunos(as), em uma perspectiva dialógica, crítica e emancipatória
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4057
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo5381_1.pdf762,55 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.