Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3960
Title: Classificações nos anos iniciais do ensino fundamental: o papel das representações
Authors: LUZ, Patrícia Santos da
Keywords: Classificação;Representações;Ensino fundamental
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Santos da Luz, Patrícia; Lisbôa Guimarãres, Gilda. Classificações nos anos iniciais do ensino fundamental: o papel das representações. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Ao longo do tempo a atividade de classificar está presente na vida do ser humano a cada instante. Esta atividade tão importante em nossas vidas acontece em função de nossos objetivos. Se focalizarmos a nossa lente sobre o mundo de classificações que nos cerca, certamente passaríamos o resto de nossas vidas enumerando-as, construindo-as ou reconstruindo-as, pois temos em nossa volta uma organização em coleções e sub-coleções e os elementos que as compõem podem ser classificados de várias maneiras diferentes. Saber classificar é fundamental para a construção de representações em gráficos e tabelas. Assim, classificar e representar os dados são atividades imprescindíveis ao cidadão e a escola precisa desenvolver uma atuação didática voltada para tal. A partir deste contexto, em 1997 no Brasil, os Parâmetros Curriculares Nacionais recomendaram que a Estatística fosse incluída no currículo escolar de Matemática. Assim, este estudo teve como objetivo investigar como alunos e professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental classificam objetos e representam em gráficos e tabelas. Participaram deste estudo 64 (sessenta e quatro) indivíduos, sendo 48 (quarenta e oito) alunos do 3º ano do Ensino Fundamental (aproximadamente 8 anos de idade) e 16 (dezesseis) professoras desse nível de ensino. Para tal, utilizamos em nossa metodologia entrevistas clínico-piagetianas, nas quais os participantes foram incentivados a explicitarem suas compreensões a respeito dos conceitos e procedimentos lógicos da classificação utilizados. Cada participante resolveu duas situações. Foram propostas situações de classificação livre, classificação em uma tabela de dupla entrada e classificação em um gráfico cartesiano, as quais variavam a quantidade de grupos (2 ou 3 grupos) e o contexto (brinquedo e desenho). As tarefas foram randomizadas para que fosse investigado o efeito de ordem de apresentação das representações. Observamos que a maioria dos nossos participantes tanto alunos como professores, apresentou dificuldades em classificar independente da situação proposta. O tipo de representação não foi um fator significativamente determinante para o desempenho de ambos os grupos. Não foram encontradas também diferenças significativas entre o desempenho dos alunos e professoras em relação à quantidade de grupos a classificar, os contextos (brinquedo e desenho animado) também não interferiram no desempenho dos participantes, uma vez que eram todos do contexto infantil e a ordem de execução das atividades. Por outro lado, esse estudo evidencia o que sabem alunos e professores do Ensino Fundamental a respeito dos conceitos e procedimentos lógicos de classificação e organização de dados. Este trabalho é pioneiro na análise refinada das classificações e representações realizadas, permitindo ao leitor se apropriar das diferentes formas de aprendizagem de alunos e professores. Acreditamos assim, que este estudo contribuirá para a elaboração de futuras intervenções com ambos os grupos na escola, no processo de formação de professores, bem como no processo do ensino aprendizagem no que se refere aos conceitos e procedimentos lógicos da classificação
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3960
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação Matemática e Tecnológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6774_1.pdf3.3 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.