Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3915
Title: Pintar, dobrar, recortar e desenhar: o ensino de simetria e das artes visuais em livros didáticos de matemática para séries iniciais do ensino fundamental
Authors: SANTOS, Luciana Ferreira dos
Keywords: Livro Didático; Interdisciplinaridade; Simetria; Artes visuais
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Ferreira dos Santos, Luciana; Aurora de Melo Teles, Rosinalda. Pintar, dobrar, recortar e desenhar: o ensino de simetria e das artes visuais em livros didáticos de matemática para séries iniciais do ensino fundamental. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: Inserindo-se no âmbito do ensino e aprendizagem da Geometria, esta pesquisa analisa atividades que articulam Geometria e Artes Visuais na abordagem do conteúdo da Simetria nos livros didáticos de Matemática para séries iniciais do Ensino Fundamental. O estudo envolve uma revisão da literatura sobre Interdisciplinaridade, Geometria, Simetria, Artes e livros didáticos. Os procedimentos metodológicos foram baseados em etapas da análise do conteúdo e utilizamos elementos da análise teórica. A coleta de dados foi realizada em 17 coleções de livros didáticos de Matemática aprovados pelo PNLD em 2010. No estudo quantitativo, observaram-se 200 atividades que estabelecem laços de colaboração e reciprocidade entre o conteúdo da Simetria e as Artes visuais. As contribuições eram realizadas através de modalidades artísticas padrões, arquitetura, pinturas, borrões de tinta, desenhos e dobraduras. Este estudo, junto à fundamentação teórica, apontou as categorias de análise para o estudo qualitativo. Neste identificamos que as propriedades da simetria são trabalhadas de forma implícita, uma ênfase no tipo de figuras conexas, em detrimento das desconexas. O eixo de simetria, dependendo da atividade, é abordado em diferentes posições. Encontramos lacunas conceituais em relação às ações de artes (leitura, contextualização e fazer artístico). Constatamos que o elemento de visualidade cor é utilizado como critério para produção de figuras simétricas sem a devida explicitação que esta é uma propriedade geométrica. Averiguamos que a construção das atividades acontece basicamente à mão livre e são poucas as atividades que sugerem o uso de instrumentos de desenho, assim como os recursos materiais das artes visuais restringiram-se a lápis de cores, tinta e papel. Apesar das limitações identificadas, encontramos atividades cujas propostas indicam aportes mútuos entre o conteúdo Simetria e Artes Visuais nos livros didáticos das séries iniciais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3915
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação Matemática e Tecnológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo57_1.pdf8.93 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.