Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3910
Título: Os caminhos da formação das convicções pedagógicas do professor do curso de Pedagogia
Autor(es): Cristina dos Santos de Araújo, Tatiana
Palavras-chave: Convicção pedagógica; Intuição; Professor universitário; Abordagem biográfica; Henri Bergson
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Cristina dos Santos de Araújo, Tatiana; Rörh, Ferndinand. Os caminhos da formação das convicções pedagógicas do professor do curso de Pedagogia. 2009. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: A formação do professor do curso de Pedagogia comporta dentre outros aspectos a formação de convicções pedagógicas. As convicções pedagógicas são constituídas ao longo da existência, através das oscilações entre princípios subjetivos e princípios objetivos. Este estudo analisa o processo de formação dessas convicções pedagógicas que funcionam como princípios norteadores da prática docente. Tomamos por convicção pedagógica esta postura pessoal e íntima, emergente da reflexão sobre princípios objetivos e subjetivos, funcionando como uma certeza que quando a alcançamos é o resultado de um profundo processo do pensar criativo, não-ingênuo. A hipótese de trabalho consiste em considerar a experiência intuitiva como elemento constitutivo das convicções pedagógicas. Nesse sentido, para compreender a experiência intuitiva, optamos por estudar as contribuições de Henri Bergson e de sua Teoria Intuicionista. A razão desta opção teórica repousa na possibilidade de aproximação à inteireza de cada pessoa com a formação humana, pensada aqui como integralidade humana, onde a intuição é uma das dimensões cruciais para a percepção desta integralidade. Do ponto de vista metodológico, optamos por uma abordagem qualitativa através do enfoque hermenêuticofenomenológico. Para elegermos os professores a serem pesquisados, aplicamos um questionário entre os discentes de duas instituições do ensino superior da cidade do Recife, pedindo que apontassem os professores mais significativos em sua formação. Após a tabulação dos questionários identificamos os professores mais citados pelos alunos. Com estes professores efetuamos uma primeira entrevista, a partir de um roteiro semi-estruturado. Depois selecionamos três de cada instituição com os quais iniciamos os encontros temáticos para coleta das narrativas biográficas. Os encontros temáticos deste segundo momento não apresentaram questões fechadas, porém delineamos algumas questões que colaboraram para nossa análise posterior. Foi possível detectar que os professores pesquisados, embora de maneira diferenciada assumem ter convicções pedagógicas, porém nas narrativas alguns tiveram mais dificuldades de expressar essa convicção que outros. É importante ressaltar que todos os professores demonstraram atenção à experiência de sua prática pedagógica e com os resultados dessa. Pela própria natureza do tema pesquisado, uma certeza autêntica não se pode encontrar, mas houve uma aproximação a partir do narrado pelos professores
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3910
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3399_1.pdf1,54 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.