Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3676
Título: A educação de surdos e a prática pedagógica : análise a partir da alteridade surda
Autor(es): Maria Luna Freire da Fonte, Zélia
Palavras-chave: Educação de Surdos;Prática Pedagógica;Alteridade
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maria Luna Freire da Fonte, Zélia; Martins de Araújo, Clarissa. A educação de surdos e a prática pedagógica : análise a partir da alteridade surda. 2010. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: Enfocamos com este estudo de natureza qualitativa a problemática da prática pedagógica na educação de surdos, a partir da alteridade surda. Direcionamos o estudo para 05 escolas públicas da cidade do Recife, PE. Focalizamos o estudo para um grupo de 53 estudantes com surdez, matriculados no Ensino Fundamental. O objetivo foi compreender os significados e sentidos atribuídos à educação de surdos e à prática pedagógica a partir das subjetividades surdas, do ser surdo. Desse modo, interessou-nos investigar: 1) que concepção de surdez têm os sujeitos surdos que participaram desse estudo; 2) como os sujeitos surdos percebem a educação de surdos; e 3) como os sujeitos surdos narram a prática pedagógica no contexto escolar onde estão inseridos. O reconhecimento das especificidades da Língua Brasileira de Sinais LIBRAS - levou-nos à busca por encaminhamentos próprios que melhor atendessem ao objetivo proposto. A escolha do modo de investigação estudo multicasos - deu-se por compreendermos que o estudo de mais de uma realidade - estudantes cursando o Ensino Fundamental I e II, e EJA (módulos I, II e III), atendidos em Classes Especiais e integrados/incluídos - permite uma maior abrangência do objeto de pesquisa, possibilitando a comparação das informações coletadas, e. desse modo descobrir convergências entre vários casos. A estratégia metodológica escolhida consistiu na realização de entrevistas semiestruturadas, filmadas e arquivadas, realizadas por professora bilíngüe, bem como por professoras intérpretes da Língua Brasileira de Sinais LIBRAS. Entre os resultados obtidos destacamos que, em relação à educação dos estudantes surdos esta continua materializada sob o paradigma dos ouvintismo; em relação à prática pedagógica, esta encontra-se reduzida à prática docente. Assim, os estudantes com surdez revelam em suas narrativas uma diversidade cultural, no entanto, distante de uma realidade de interculturalidade, que implica decisão, vontade política, mobilização, que demanda uma prática educativa coerente com esses objetivos. Tais resultados apontam para a necessidade de (re) construção da práxis pedagógica enquanto ação coletiva de formação humana, que demanda prioritariamente formação continuada de docentes e gestores radicada em uma nova ética fundada na alteridade surda
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3676
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo129_1.pdf828,92 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.