Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3492
Título: Gastronomia : prato do dia do jornalismo cultural
Autor(es): Maria do Amaral, Renata
Palavras-chave: Jornalismo gastronômico;Jornalismo cultural;Crítica jornalística;Crônica
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maria do Amaral, Renata; Teixeira Vieira de Melo, Cristina. Gastronomia : prato do dia do jornalismo cultural. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: Esta dissertação dá início a um mapeamento do jornalismo gastronômico, inserido no contexto do jornalismo cultural brasileiro contemporâneo. Optamos por centrar a análise nos gêneros crítica e crônica, por serem bastante freqüentes no jornalismo cultural. A metodologia deste trabalho se focou, por um lado, na revisão bibliográfica sobre os aspectos socioculturais da gastronomia e, por outro, numa retomada das discussões acerca dos gêneros jornalísticos. Compõe nosso corpus de pesquisa todo o material publicado durante o ano de 2004 nas seções Gula Indica Restaurantes (Revista Gula), Mundo Gourmet (Folha de S.Paulo), Pé na Cozinha (Claudia Cozinha) e Refogado (Carta Capital), num total de 145 textos. Também realizamos entrevistas com críticos, cronistas e editores dos veículos. Da leitura desse material, destacamos a presença de seis categorias lingüístico-discursivas que passaram a direcionar nosso olhar analítico sobre o corpus textual, a saber: estrutura narrativa, titulação, interatividade, intertextualidade, ironia e metáfora. Observamos que as crônicas apresentaram duas características comuns aos veículos Claudia Cozinha e Carta Capital: a interatividade e a narrativa. Verificamos que a crônica se caracteriza como um espaço da subjetividade, em que o narrador interage com o leitor e com ele busca dialogar. Já as críticas não apresentaram estratégias comuns à Folha de S.Paulo e à Gula, exceto na titulação, predominantemente descritiva. Trata-se do chamado jornalismo de serviço, em que o crítico busca oferecer informações para que o leitor delas possa usufruir
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3492
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Comunicação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo4752_1.pdf1,29 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.