Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/28097
Título: O ressentimento como projeto de Brasil: um estudo sobre o ostracismo intelectual e os elementos formadores do pensamento de Gilberto Amado (1905-1969)
Autor(es): CAVALCANTE, Maria Claudia
Palavras-chave: História; Vida intelectual; Amado, Gilberto, 1887-1969; Ostracismo; Formação intelectual; Projeto de nação
Data do documento: 13-Jun-2017
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Esta tese tem como objetivo problematizar o ostracismo intelectual e os elementos formadores do pensamento de Gilberto Amado entre os anos de 1905 e 1969. Assim, buscou-se reconstruir a trajetória intelectual do autor, atentando para as ideias que atuaram na construção de seu projeto de nação: a formação de uma classe dirigente que guiaria a nação nos rumos do progresso. Verificou-se que a ideia de formação persegue Gilberto Amado não só na produção de tal projeto, como também aparece, em seu discurso, como fundante de sua existência. Como possibilidade de diálogo teórico-metodológico para tal estudo, optou-se por problematizar tanto a ideia de formação, quanto as redes de sociabilidade que atuaram na visibilidade e invisibilidade do autor enquanto intelectual em diferentes momentos históricos. O recorte temporal deste trabalho que vai de 1905 a 1969 se justifica por iniciar sua abordagem a partir do estudo dos elementos formadores do pensamento de Gilberto Amado em sua experiência como aluno da Faculdade de Direito do Recife e se estende até 1969, ano de sua morte.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/28097
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - História

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE Maria Claudia Cavalcante.pdf1,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons