Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20168
Title: Significado dos círculos de cultura para os atores sociais envolvidos na prática educativa com adolescentes escolares multiplicadores em saúde
Authors: ROCHA, Luana Padilha da
Keywords: Adolescente;Educação em Saúde;Saúde Escolar;Promoção da Saúde Escolar;Adolescent;Health education;School Health;Promotion
Issue Date: 22-Feb-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Esta dissertação objetivou apreender o significado dos Círculos de Cultura para os atores sociais envolvidos na prática educativa com adolescentes escolares multiplicadores em saúdee constitui-se de cinco artigos científicos. A fim de analisar práticas educativas em saúde desenvolvidas com adolescentes escolares, a partir de evidências disponíveis na literatura atual, realizou-se uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed, LILACS e ADOLEC, com inclusão de 6 estudos. Observou-se predomínio de intervenções educativas centradas no educador. Para apreensão do significado dos Círculos de Cultura, foram desenvolvidos quatro artigos originais do tipo descritivo-exploratório, ancorados na abordagem qualitativa, que tiveram como cenário duas escolas estaduais de Pernambuco. Os participantes foram adolescentes escolares que vivenciaram Círculos de Culturadesenvolvidos por um Projeto de Extensão do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Pernambuco, além de professores das escolas e graduandos de enfermagem da referida instituição que atuaram como facilitadores desses Círculos de Cultura em 2013 e 2014. Para a obtenção de dados foi utilizada a entrevista semiestruturada e o registro em diário de campo. Os dados foram produzidos pelo método do discurso do sujeito coletivo, técnica auxiliada pela utilização do software Qualiquantisoft. Observou-se que os Círculos de Cultura proporcionaram aos graduandos de enfermagem uma experiência inovadora de educação em saúde numa relação horizontal, compromissada com as potencialidades do educando e que faz a diferença na formação profissional. A experiência despertou criticidade, revelando a necessidade de repensar a formação do enfermeiro nas ações de educação em saúde. Para os professores, os Círculos de Cultura constituem uma tecnologia educativa que coloca o adolescente como protagonista na construção do conhecimento, proporcionando autoestima e contribuindo no rendimento escolar. Pelas suas impressões em relação aos Círculos, os professoresrevisitaram suas práticas educacionais, refletindo sobre as dificuldades que enfrentam cotidianamente. Para os adolescentes escolares, os Círculos de Cultura colocaram-nos na condição de protagonistas, o que estimulou o interesse em aprender e o desenvolvimento de criticidadefrente a abordagem de ensino bancário em sala de aula. A vivência provocou mudanças de postura nas disciplinas curriculares e vida pessoal, em família e na comunidade, fazendo com que eles quisessem multiplicar os saberes apreendidos.Conclui-se que os Círculos de Cultura tiveram significado fundamental para os atores sociais por proporcionarem uma experiência que valoriza conhecimentos prévios e envolvimento de todos nas discussões coletivas, baseadas em reflexões críticas pela problematização da realidade, configurando-se numa importante ferramenta na prática de uma educação em saúde humanizada, política e libertadora. Para a Enfermagem, os Círculos de Cultura surgem como estratégia de promoção da saúde por permitirem o desenvolvimento de espaços emancipatórios de cuidado, o que contribui para uma formação e atuação profissional comprometidas com as ideias de horizontalidade das relações e possibilidades de transformação do contexto de vida das pessoas. Sugere-se o desenvolvimento de novas pesquisas com metodologias participativas e emancipatórias onde o educador incite a curiosidade e inquietude dos adolescentes, para que esses se percebam como seres pensantese críticos, aptos a intervirem na realidade, alicerçados no compromisso com seu papel político e social.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20168
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Versão para biblioteca.pdf2.14 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons