Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18544
Title: Estudo energético e econômico de sistemas térmicos de fornecimento de eletricidade e água gelada: o caso dos shopping centers de Pernambuco
Authors: FREITAS, Lucas Ademar
Keywords: Valor Presente Líquido;Consumo Energético;Sistema Térmicos;shopping centers;Net Present Value;Energy Consumption;Thermal System;shopping malls
Issue Date: 5-Sep-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Estão inseridos na proposta deste trabalho dois objetivos: o primeiro consiste na realização de levantamento e caracterização do consumo de energia elétrica dos shopping centers de Pernambuco; o segundo tem por _nalidade aplicar uma metodologia de decisão econômica que permite avaliar a melhor con_guração de um sistema térmico para o atendimento das demandas de frio e energia elétrica dos shopping centers. O procedimento de otimização busca minimizar o VPL (Valor Presente Líquido) do sistema e, para isso, utiliza-se de um método híbrido composto por quatro passos: proposta do sistema genérico, pré-seleção dos equipamentos, busca exaustiva e Programação Linear. A otimização considera aspectos técnicos e econômicos, tais como: curvas de demandas de energia, tarifas em base horária, rendimentos e custos dos equipamentos proporcionais às potências. A _m de verificar o quão robusto é o sistema base foram consideradas algumas variáveis econômicas como, por exemplo, a variação da tarifa de combustível, variação da tarifa de energia elétrica, custo de aquisição do motogerador de eletricidade, variação da taxa de câmbio (dólar/real), além do estudo da variação da demanda em horário de ponta. Ainda, foi de_nido, para cada parâmetro estudado, um fator de variabilidade de 50% - 200%. O sistema se mostrou muito sensível a mudanças nas tarifas energéticas, para as quais suportou uma redução de apenas 9% na tarifa de gás natural, ou, ainda, um aumento de 12% na tarifa de energia elétrica. Para taxa cambial e o custo inicial do motogerador, as variações suportadas foram de 26% e 24% respectivamente. Já no que se refere à variação da demanda em horário de ponta, o sistema suportou um aumento de 70%.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18544
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Lucas A. Freitas - 2016.pdf2.65 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons