Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17842
Title: Bytes de afeto: navegando pelas emoções da tutoria a distância
Authors: MONTEIRO, Alice Fogaça
Keywords: Emoções;Tutoria a Distância;Educação a Distância;Análise Textual Discursiva;Universidade Aberta do Brasil;Emotions;Distance Tutoring;Distance Education;Discursive Textual Analysis;Open University of Brazil
Issue Date: 8-Mar-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Esta pesquisa parte da compreensão de que as emoções estão na base de nossas ações. Assim, tendo a Educação a Distância como contexto, buscamos compreender as implicações das emoções nas ações da tutoria a distância. Utilizando a metáfora da navegação, percorremos uma pesquisa de caráter exploratório, numa abordagem qualitativa, na qual contamos com a participação de cinco tutores provenientes de dois cursos de graduação oferecidos pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no âmbito da Universidade Aberta do Brasil (UAB). Inicialmente, foram realizadas observações das ações dos tutores nas disciplinas, dentro dos espaços públicos dos ambientes virtuais de aprendizagem (AVA) durante o primeiro semestre de 2015. Após, realizou-se uma entrevista individual com cada sujeito, a partir de um roteiro semiestruturado de perguntas. Para analisar as observações e entrevistas, utilizamos a Análise Textual Discursiva (ATD), por meio da qual construímos duas categorias de análise: Constituição do ser navegador-tutor e Navegar nas águas da tutoria. Para comunicar nossas compreensões, elaboramos metatextos, apoiando-nos em teóricos como Humberto Maturana e António Damásio. Nosso explicar inicia a partir da Constituição do ser navegador-tutor, e assim, navegamos por águas que nos levam às visões que permeiam a prática da tutoria, como o tutor percebe sua formação, seu contexto de ação, seu papel e qual sua motivação para tornar-se tutor. Ao conhecermos o contexto de ação do tutor, as condições que os afetam e constituem, nos lançamos, então, para o Navegar nas águas da tutoria. Por essas águas, nos propomos identificar as situações que afetam os tutores, desencadeando emoções e, assim, ações no contexto da EAD. Neste sentido, tratamos das turbulências da navegação, relacionadas à ausência e às ações desonestas dos alunos na convivência, assim como a relação hierárquica que se dá com alguns professores. Mas também navegamos pela busca de bons ventos, onde as relações e interações respeitosas, com alunos e professores, despertam emoções de bem-estar e ações recíprocas. Percebemos que os tutores são constantemente afetados nas relações que estabelecem em seu fazer, com alunos, professores e gestores. As emoções que decorrem das relações interferem nas ações dos tutores, tanto no que diz respeito à sua formação, quanto às suas ações de tutoria. De forma adaptativa, respondem a estas emoções com ações que visam trazer o aluno para a convivência virtual, interagir e assim dar sentido à sua função docente.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17842
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação Matemática e Tecnológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Alice Fogaça Monteiro_Entrega FINAL.pdf1.41 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons