Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17696
Título: BPMG – Um modelo conceitual para governança em BPM
Autor(es): SANTANA, André Felipe Lemos
Palavras-chave: BPM;Business Process Management;Gerenciamento de Processos de Negócio;Governança;Governança em BPM;Governança em Gerenciamento de Processos de Negócio;BPM;Business Process Management;Governance;BPM Governance;Business Process Management Governance
Data do documento: 18-Ago-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Governança em BPM (Busines Process Management) é um aspecto frequentemente apontado como fundamental para o sucesso efetivo do gerenciamento de processos de negócio nas organizações. Isso parece ser especialmente verdade no contexto do setor público, onde a eficiência, prestação de contas e transparência (três princípios básicos da governança) precisam ser coordenadas. No entanto, as abordagens de governança em BPM têm se caracterizado por apresentarem conceitos complexos e pouco precisos, com visões bastante variadas sobre o tema, e modelos em alto nível que oferecem pouca ajuda sobre como implementá-la. Além disso, há um número reduzido de trabalhos empíricos descrevendo relatos práticos de implementação de governança em BPM. Assim, há uma escassez de modelos detalhados e consistentes nos quais praticantes e pesquisadores possam se basear. À vista dessa necessidade, essa tese teve como objetivo desenvolver e avaliar um modelo conceitual para apoiar a implantação da governança em BPM, chamado Modelo BPMG. Inicialmente, foram realizados estudos de caso exploratórios para levantamento de barreiras e facilitadores que influenciavam a governança em BPM em organizações do setor público que conduziam iniciativas de BPM. Constatou-se que as organizações não compreendiam precisamente o que é a governança em BPM nem tratavam explicitamente questões relacionadas mesmo quando conduzindo projetos de BPM. O modelo BPMG foi construído numa abordagem de design-science research contemplando também a criação de uma ferramenta de software que implementou elementos do modelo visando sua aplicação numa organização do setor público. Tanto o Modelo BPMG quanto a ferramenta tiveram sua aplicabilidade avaliada por integrantes do escritório de processos da organização pesquisada e por especialistas em governança de diferentes organizações. O resultado da avaliação apontou que o Modelo BPMG ajudou os praticantes de BPM da organização a desenvolverem um entendimento mais preciso e compartilhado da governança em BPM e foi percebido como significativamente útil para guiar a implantação dessa governança na organização.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17696
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
[BPMG] Santana_Tese - vFinal.pdf4,3 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons