Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16905
Título: “Ou vai ou Racha” e “Surto & deslumbramento”: Entre carnavais e outras f(r)icções
Autor(es): Ximenes, Fernanda Isabelly Souza
Palavras-chave: Política; Estética; Sexualidade; Subjetivação; Politics; Sexuality; Aesthetics; Subjectivity
Data do documento: 27-Abr-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Objetivos: Este trabalho visa acompanhar jogos, tensões e produções políticas, no fluxo da experiência com o bloco de carnaval “Ou vai ou racha” e o coletivo de cinema “Surto & Deslumbramento”. Metodologia: Foram realizadas observações e entrevistas no campo-tema da pesquisa. Partimos de uma perspectiva etnográfica e inspirações cartográficas para a sua realização, em interface com leituras feministas de gênero. Estes marcos teórico-metodológicos contribuíram para a produção de um saber localizado e parcial sobre pessoas, estética e politicamente organizadas, que não estão inseridas na lógica convencional do ativismo social, revelando uma forma singular de dar visibilidade à defesa dos direitos sexuais e se posicionar favorável a livre vivência da sexualidade. Conceitos centrais: Partiremos de uma noção de política “ampliada” segundo a perspectiva de Rancière (1996 a; 1996 b; 2005 a; 2005 b) para analisarmos as potências estéticas da arte no campo da sexualidade. Além disso, compartilhamos da crítica aos modelos identitários rígidos e heteronormativos. Resultados: A aproximação com os coletivos nos apresenta uma ambiguidade de lugares e identidades na política. Especialmente no que diz respeito às construções identitárias, apesar de prescindir o uso das identidades sexuais e de gênero para a construção dos deslocamentos críticos nas intervenções dos coletivos, as vivências pessoais dessas posições identitárias parecem resistir a uma normativa óbvia. Aspectos como unidade de pensamento e (des)conexões com o movimento feminista surgem como pontos de tensão para o “Ou vai ou racha”. Por outro lado, o “Surto & Deslumbramento” questiona a própria lógica interna dos movimentos sociais organizados a partir da invenção de ficções políticas.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16905
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Psicologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Final. Final..pdf2,49 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons