Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16705
Title: Letramento e tecnologia: um estudo sobre práticas sociais letradas intermediadas por tecnologias digitais na vivência de estudantes do ensino médio público
Authors: LIMA, Luciano França de
Keywords: Tecnologias da Informação e da Comunicação;Práticas letradas;Valores;Ensino Médio;Information and Communication Technologies;Literacy practices;Values;High School
Issue Date: 16-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Esta pesquisa tem como tela de fundo uma política pública voltada para a inserção de Tecnologias da Informação e da Comunicação, TIC, na educação formal, a saber, o Programa Aluno Conectado, recentemente implantado em escolas públicas de Pernambuco. Trata-se de uma pesquisa de caráter exploratório, cujo percurso investigativo procurou delinear-se pelos princípios de um estudo qualitativo, tendo sido alicerçado teoricamente por abordagens críticas do letramento trazidas pelos Novos Estudos do Letramento (NLS), revisitados em autores como Street (2012, 2010, 2007, 1984), Heath (1983), Barton (1994), Hamilton (2000a), entre outros. Diante da constatação de usos escassos dos computadores franqueados pelo programa no ambiente escolar, apesar da escola possuir condicionantes técnicos favoráveis e os estudantes declararem fazer usos intensivos daqueles em outros espaços, dedicamo-nos a identificar razões que pudessem estar relacionadas a essa assimetria. Por meio do cotejamento de práticas sociais letradas dentro e fora da esfera escolar e de recortes de falas dos sujeitos engajados, partimos do pressuposto de que um dos fatores que implicaria no pouco aproveitamento que esses equipamentos, resultantes de dispendiosos investimentos públicos, tem tido nas escolas pode estar relacionado também com o modelo de letramento radicado nessas instituições, como já registrado na literatura por autores como Warschauer (2006) e Buzato (2007). Operando a partir desse pressuposto, este estudo se propôs a compreender valores que referenciam o discurso de estudantes do ensino médio, ao se reportarem as próprias práticas letradas apoiadas ou intermediadas por artefatos digitais. Os dados empíricos foram coletados a partir da utilização de um software de monitoramento eletrônico (Spymaster), instalado nos computadores de cinco estudantes e de entrevistas semiestruturadas. O corpus foi tratado em um software para análise qualitativa (NVIVO10), com base em técnicas de Análise de Conteúdo (AC), como descrito por Bardin (2011). Como resultado, verificamos que os informantes se engajam em uma diversidade de eventos e práticas letradas apoiadas ou intermediadas pelos artefatos digitais em diferentes esferas em seu cotidiano, entretanto, ao se reportarem a esses empregam um discurso profundamente arraigado em valores que compreendemos serem oriundos do modelo de letramento dominante no âmbito escolar. Em vista disso, reproduzem uma fala desqualificadora em relação a outros letramentos de outras esferas da vida cotidiana, mas que são pouco vivenciados nas salas de aula, notadamente aqueles apoiados ou intermediados pelas TIC.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16705
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação Contemporânea / CAA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luciano França de Lima_DISSERTAÇÃO.pdf4.14 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons