Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16555
Título: Dano difuso pelo desaparecimento de pessoas na ditadura militar: análise da vala clandestina de Perus
Autor(es): FERREIRA, Thaís Sales Alencar
Palavras-chave: Danos (Direito) - Brasil.; Responsabilidade (Direito) - Brasil; Personalidade (Direito); Pessoas desaparecidas - Brasil; Brasil. [Lei n. 9.140, de 04 de dezembro de 1995]; Direito civil - Brasil; Ditadura - Brasil; Direitos humanos - Brasi; Arquivos - Legislação - Brasil; Documentos públicos - Controle de acesso - Brasi; Prisioneiros políticos - Brasil; Tortura - Brasil; Brasil - Política e governo - 1964-1985; Ação civil pública - Brasil.
Data do documento: 30-Abr-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Este trabalho é um estudo de caso sobre a vala clandestina de Perus. A partir do fato concreto, analisa-se que espécie de dano o desaparecimento forçado de pessoas na ditadura militar, e a não devolução dos corpos aos familiares, configura. O marco teórico é o positivismo empírico de Alf Ross, de quem se extrai a noção de direito subjetivo que permeia os quatro capítulos. Dentre os documentos visitados, destaca-se o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito da Câmara Municipal de São Paulo “Perus: desaparecidos políticos”, os autos da ação civil pública do Ministério Público Federal, proposta para apurar a responsabilidade civil quanto aos trabalhos de identificação genética das ossadas exumadas de Perus, as leis e os dispositivos constitucionais aplicáveis. Identificado o dano e suas repercussões nas esferas de titularidades – individual e difusa - analisa-se a tipificação das consequências de eficácia do ilícito, assim como a forma mais apropriada de reparar a lesão. Antes, aborda-se a imprescritibilidade da pretensão que emerge do ato ilícito e a tese do Superior Tribunal de Justiça para justificá-la. O direito à informação histórica de saber o que aconteceu é visto, em paralelo, ao direito inicialmente individual de ter acesso ao corpo e a ele dar sepultura.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16555
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Direito

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Thais Sales Alencar ferreira.pdf998,13 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons