Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16275
Title: USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS PELO PROFESSOR: um estudo sobre as representações sociais dos estudantes.
Authors: OLIVEIRA, Dayse Rodrigues de
Keywords: Mediação Pedagógica; Participação em sala; Tecnologias digitais; Representações Sociais
Issue Date: 5-Mar-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O presente estudo visa analisar as possíveis relações entre as representações sociais dos estudantes sobre o uso de tecnologias digitais pelos professores e o que dizem sobre sua participação em sala de aula. Levantamos algumas discussões a respeito da presença marcante das tecnologias digitais no campo educacional, ao passo em que refletimos sobre as mudanças paradigmáticas e pedagógicas trazidas com essa revolução tecnológica. Utilizamos como suporte teórico-metodológico a Teoria das Representações Sociais, proposta por Serge Moscovici (1961), por entendermos que essa teoria nos serviria de base para investigar aquilo que se constituía nos discursos dos indivíduos e grupos, a respeito do presente objeto social. Valemos-nos de uma abordagem plurimetodológica, utilizando como instrumentos de coleta de dados a entrevista semiestruturada, o questionário semiaberto e os registros no diário de campo. Os sujeitos participantes do nosso estudo foram estudantes do 2º e 3º ano do Ensino Médio da Rede Estadual da cidade do Recife. Na primeira etapa da pesquisa, realizamos 15 entrevistas com o objetivo de levantar o campo semântico presente na fala dos sujeitos, o que nos permitiria elaborar um questionário que estivesse o mais próximo possível do universo vocabular deles. Na segunda etapa, aplicamos 243 questionários, visando alinhar os discursos espontâneos da etapa anterior. Paralelo à aplicação dos questionários, realizamos importantes registros no diário de campo da pesquisadora, com vistas a considerar aquilo que se processava no contexto dos sujeitos. Utilizamos para análise das entrevistas, a análise de conteúdo proposta por Bardin (2011) e para análise do questionário nos valemos do auxílio do software Tri-deux e dos cruzamentos do Banco de Dados. Os resultados apontam que as representações sociais partilhadas pelos estudantes convergem para um uso de tecnologias que precisa ser aprimorado, por seus professores. Os seus discursos apontam não para uma falta de apropriação tecnológica pelo professor, mas sim para a necessidade de mediação pedagógica por meio das tecnologias. Dentre os sujeitos responsáveis para que haja um melhor uso das tecnologias, os estudantes apontam a si próprios e a gestão escolar, não culpando diretamente o professor. Atribuem à falta de foco dos estudantes durante as atividades e à ausência de infraestrutura, como os fatores primordiais para promoção de um uso mais interessante. Com relação à forma como veem sua participação em sala quando do uso de tecnologias pelo professor, os resultados revelam que à medida que suas representações apontam para a necessidade de o professor aprimorar o modo de uso, os estudantes não se interessam em participar da aula.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16275
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação Matemática e Tecnológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Dayse - Versão CORRIGIDA PARA IMPRESSÃO.pdf2.46 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons