Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15420
Title: TECNOLOGIA EDUCATIVA PARA PROMOÇÃO DO AUTOCUIDADO NA SAÚDE SEXUAL E REPRODUTIVA DE MULHERES ESTOMIZADAS: ESTUDO DE VALIDAÇÃO
Authors: ALBUQUERQUE, Andressa Ferreira Leite Ladislau
Keywords: Estomia;Enfermagem;Educação em saúde;Autocuidado;Validação
Issue Date: 10-Feb-2015
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
Abstract: Mulheres estomizadas podem apresentar, após a estomia, diversas alterações biopsicossociais na saúde sexual e reprodutiva, área de cuidado tão comumente esquecida nas orientações em saúde. O enfermeiro, como educador na promoção de cuidados, pode se utilizar das tecnologias educativas como ferramentas auxiliares na práxis assistencial, na medida em que facilitam o processo de construção do conhecimento dos clientes, numa perspectiva criativa, crítica, inclusiva e empoderadora. Nesse sentido, o estudo se propôs a construir e a validar uma cartilha educativa em saúde como tecnologia de Enfermagem para a promoção do autocuidado na saúde sexual e reprodutiva de mulheres estomizadas. Tratou-se de uma pesquisa metodológica do tipo validação de tecnologia educativa, que originou os três artigos científicos componentes da seção de resultados dessa dissertação. Para o desenvolvimento da cartilha, inicialmente foi realizado o levantamento dos conteúdos pertinentes à temática, incluindo-se a revisão integrativa de literatura, que representa o primeiro artigo do estudo. As bases de dados pesquisadas foram as nacionais LILACS, IBECS, MEDLINE, COCRHANE e a internacional CINAHL. Buscaram-se artigos publicados em português, inglês e espanhol, que remetessem às temáticas autocuidado, saúde sexual e saúde reprodutiva do individuo estomizado, analisados quanto a rigor metodológico e nível de evidência. Da análise na íntegra dos 11 artigos selecionados, emergiram duas categorias de orientações: “Orientações para o profissional de saúde na promoção do cuidado sobre a saúde sexual” e “Orientações para o estomizado no autocuidado da saúde sexual”. Após a seleção do conteúdo, procedeuse o trabalho construção da cartilha segundo referencial metodológico de elaboração de materiais impressos em saúde, com montagem, definição de layout, arte gráfica, diagramação e editoração, constituindo o segundo artigo dessa dissertação. Finalizada a primeira versão da cartilha foi iniciado o processo de validação do material, que representa o terceiro artigo do estudo. O conteúdo da cartilha foi validado por onze enfermeiros juízes-especialistas segundo Índice de Validade de Conteúdo maior ou igual a 0,80. A aparência foi validada por nove mulheres estomizadas segundo avaliação da dificuldade e da conveniência do material educativo. A cartilha foi considerada válida quanto ao conteúdo, com média global de índice de validade de conteúdo igual a 0,87 e, quanto à aparência, com 100% de concordância do público-alvo para avaliação da dificuldade e da conveniência da cartilha. A tecnologia educacional válida ao alcance de estomizadas contribuirá para a aquisição de conhecimentos e informações que permitam subsidiar a tomada de decisão por comportamentos de saúde seguros e ajustados às suas necessidades de autocuidado da saúde sexual e reprodutiva.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/15420
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO Andressa Ferreira L Ladislau Albuquerque.pdf2.36 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons