Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13241
Título: Coreografias didáticas online no ensino superior: possibilidades de colaboração, pesquisa e autoria utilizando interfaces da web 2.0
Autor(es): Lemos, Luciana de Lima
Palavras-chave: Web 2.0; Comunidades Virtuais; Coreografias Didáticas On-line; Condutas de Aprendizagem; Interação
Data do documento: 20-Fev-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: LEMOS, Luciana de Lima. Coreografias didáticas online no ensino superior: possibilidades de colaboração, pesquisa e autoria utilizando interfaces da web 2.0. Recife, 2013. 180 f. Dissertação (mestrado) - UFPE, Centro de Educação, Programa de Pós-graduação em Educação Matemática e Tecnológica, 2013.
Resumo: Esse estudo teve como objetivo investigar como as coreografias didáticas on-line de professores do ensino superior, com atividades utilizando as interfaces da Web 2.0, proporcionam Colaboração, Pesquisa e Autoria em seus alunos. Nesse sentido, dividimos esse estudo em duas atuações: uma na identificação das condutas nos cenários Facebook, Blog e Youtube, e a outra na que se refere à verificação dos níveis das coreografias didáticas on-line que envolviam as ações pedagógicas de um professor, denominado “DF”. Para isso, realizamos a coleta de dados através da observação on-line e entrevista com o docente. Então, recorremos à análise dos conteúdos, a fim de identificarmos as condutas geradas pelas interações nessas interfaces, bem como compreendermos os níveis das coreografias didáticas on-line desse professor, em cada cenário. Nos resultados que cabiam às condutas, pretendíamos a princípio conhecer apenas aquelas identificadas a priori para esse estudo (Colaboração, Pesquisa e Autoria), mas no decorrer deste, descobrimos outras que foram intensificadas de maneira distintas, como as condutas Afetivas, Informativas e de Reflexão. Nos resultados que cabiam ao Facebook, tanto nos alunos (27%), quanto no professor DF (21%), foram promovidas mais condutas de Colaboração. Para o cenário Blog, a sua proposta desencadeou mais a conduta de Autoria (40%), enquanto nos alunos, a conduta de Colaboração (47%). Já no Youtube, as publicações do professor intensificaram a conduta de Pesquisa (95%), logo as interações geraram no docente a Colaboração (14%) e nos seus estudantes a conduta Afetiva de Motivação (45,5%). Entretanto, na atuação nas coreografias didáticas on-line, primamos a verificar e relacionar o desempenho do professor aos níveis que se referem à antecipação (1), colocação em cena (2) e o produto da aprendizagem (3). Enquanto essa atuação no cenário Facebook se desencadeou de maneira particular e intencional, por parte do diretor da aprendizagem, foi visto que no Blog e Youtube, ela aconteceu de forma integrada e a partir de uma atuação mais planejada, aliando as interfaces. Remetendo-nos assim a perceber que o docente ocasiona, nessa última proposta, uma nova atuação pedagógica, a qual intitulamos de “Coreografia Didática 2.0”.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/13241
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Educação Matemática e Tecnológicas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Luciana Lemos.pdf6,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons