Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12621
Title: Concepções sobre a Formação Continuada de Professores de Matemática em Alagoas
Authors: SILVA NETO, João Ferreira da Silva
Keywords: Formação Continuada;Concepções;Modelos de Formação;Professor de Matemática
Issue Date: 12-Mar-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: SILVA NETO, João Ferreira da. Concepções sobre a formação apresentada continuada de professores de matemática em Alagoas. Recife, 2012. 130f. Dissertação (mestrado) - UFPE, Centro de Educação , Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica. Recife, 2012..
Abstract: Esta pesquisa se insere na problemática da formação continuada de professores de Matemática. Neste amplo campo de investigação, realizamos um estudo exploratório com vistas a identificar concepções sobre a formação continuada mobilizadas por professores que ensinam Matemática no sexto ao nono ano do ensino fundamental e ensino médio, na rede pública estadual do estado de Alagoas. Fundamentamos a pesquisa em estudos precedentes sobre a formação continuada, em modelos de formação, bem como em resultados de trabalhos realizados neste domínio. Identificamos que o modelo instrumental subsidia a concepção de formação continuada mais genérica, que se contrapõe a concepção ligada a processos reflexivos em que a formação é entendida como sendo um fenômeno complexo e pluridimensional. A partir deste aporte teórico construímos categorias de concepções expressas por meio de assertivas relacionadas às dimensões cognitiva, pedagógica, profissional e socioafetiva. Participaram do estudo 87 professores que ensinam Matemática em 11 municípios do estado de Alagoas, que responderam um questionário semiestruturado com 17 perguntas. Para analisar as respostas dos professores, utilizamos diferentes instrumentos que foram escolhidos em função da questão proposta. Os resultados apontam a predominância da concepção ligada à ideia de atualização pedagógica e, também, uma tendência à mobilização de concepções que se apoiam em um modelo de formação mais emancipador – racionalidade prática. Por outro lado, os professores valorizam uma formação instrumental, sugerindo que suas concepções ainda são fortemente influenciadas pela racionalidade técnica.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12621
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação Matemática e Tecnológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação_JoãoNeto.pdf1.37 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons