Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11296
Título: Discursos sobre pesquisa no currículo do curso de Pedagogia
Autor(es): SILVA, Suzana Maria da
Palavras-chave: Formação Inicial de Professores; Currículo; Pesquisa
Data do documento: 21-Jul-2014
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Esta investigação sinaliza os discursos sobre pesquisa no currículo vivido da formação inicial do/a pedagogo/a e está vinculada ao Núcleo de Formação de Professores e Processos de Ensino Aprendizagem do Programa de Pós-Graduação em Educação Contemporânea da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Centro Acadêmico do Agreste (CAA). A pesquisa se insere no âmbito das discussões nacionais acerca da formação inicial de professores, com ênfase no currículo, e se propõe a compreender como os discursos em torno da pesquisa vêm sendo tecidos no currículo vivido do curso de Pedagogia. Elencamos como objetivos específicos: 1) Identificar os formatos discursivos atribuídos à pesquisa no currículo vivido do curso de Pedagogia, e, 2) Identificar como os estudantes integrantes e não integrantes de grupos de pesquisa percebem a pesquisa no currículo vivido do curso. Salientamos que o currículo vivido é apresentado nessa pesquisa como expressão dos discursos dos sujeitos colaboradores, nesse caso os 6 (seis) estudantes do 9º (nono) período do curso de Pedagogia da UFPE/CAA. Quanto ao instrumento teórico-metodológico, foi utilizada a abordagem qualitativa de pesquisa, e como instrumento de coleta de dados a entrevista semiestruturada. Logo, à medida que buscamos a compreensão dos discursos que envolvem a pesquisa na formação inicial, tomamos a Análise de Discurso na perspectiva francesa trabalhada por Orlandi (2010, 2012) para o tratamento dos dados, à medida que o discurso se inscreve num movimento, num percurso, num curso de ideias que relaciona língua e sujeito, homem e mundo. Nesse sentido, para dialogar com essa perspectiva teórica, ancoramo-nos em Macedo (2001); Almeida (2011); Almeida e Guimarães (2010); André (2009); Calazans (2002); Charlot (2000); Damasceno (2002); Demo (2006); Gatti (2010) e outros pensadores que nos ajudaram no trato ao nosso objeto. Como resultados da pesquisa, identificamos que os discursos tecidos em relação à pesquisa na formação inicial de professores apontam um formato discursivo de pesquisa que se materializa em algumas direções: a) como disciplina: Pesquisa e Prática Pedagógica - PPP; b) através de programas institucionais: o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC, o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID (embora o objetivo do PIBID não esteja propriamente voltado à pesquisa) e o Programa de Educação Tutorial – PET. Outro aspecto relevante que os enunciados ainda nos revelaram é a mediação entre o ensino e a pesquisa promovida pelos discursos dos professores, uma vez que esses sujeitos enfatizavam de acordo com alguns estudantes a importância de se tornar um professor-pesquisador, incitando a compreensão que a prática pedagógica do professor-formador também direcionava os estudantes ao entendimento da pesquisa como elemento de reflexão. Ao apontarmos em nossa pesquisa os discursos dos/as estudantes colaboradores/as traçamos algumas pistas para compreendermos como a pesquisa tem sido vivenciada na formação inicial do curso de Pedagogia.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11296
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Educação Contemporânea / CAA

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Suzana Maria da Silva.pdf1,18 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons