Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11248
Title: Mecanismos paraGuiaraCaracterizaçãodeContexto de EstudosEmpíricosnaEngenhariadeSoftware:Um Mapeamento Sistemático
Authors: CARTAXO, Bruno Falcão de Souza
Keywords: Contexto; Mecanismos; Estudos Empíricos; Mapeamento Sistemático; Revisão da Literatura; Engenharia de Software
Issue Date: 18-Feb-2014
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Contexto: Estudos empíricos em engenharia de software apresentam problemas no que se refere à caracterização de contexto. Tal situação inibe a replicação de estudos, dificulta a interpretação de resultados, complica a síntese de evidências para estudos secundários e prejudica a transferência de conhecimento para indústria,uma vez que não se sabe se os resultados dos estudos se aplicam a um ambiente específico. Objetivo: Esta pesquisa tem o objetivo de identificar, classificar e quantificar mecanismos para guiar a caracterização de contexto de estudos empíricos na engenharia de software, uma vez que acredita-se que utilizando esses mecanismos os pesquisadores poderão caracterizar o contexto dos estudos empíricos adequadamente, partindo da motivação mais ampla de tornar as evidências empíricas mais úteis para a academia e indústria de software. Método: Para alcançar tal objetivo conduziu-se um mapeamento sistemático de cobertura exaustiva de acordo com as premissas e guias da engenharia de software baseada em evidências. Resultados: Analisou-se 13.355 estudos e ao final de duas rodadas realizadas por até oito pesquisadores selecionou-se 13 estudos, publicados entre 1999 e 2012. Framerwork foi o mecanismo mais utilizado, sendo apresentado em 7 dos 13 estudos selecionados. Mapeou-se 131 elementos contextuais de acordo coma abordagem discreta. Dos 13 estudos, 12 expuseram a noção de contexto através da abordagem discreta em oposição a um único de abordagem omnibus. 10 estudos exibiram mecanismos para guiar a caracterização de contexto de experimentos controlados, mas nenhum mencionou o método de survey. Apenas 4 dos 10 tópicos da engenharia de software foram cobertos com algum mecanismo para guiar a caracterização de contexto de estudos empíricos. Conclusões: Esta pesquisa evidenciou a importância da caracterização de contexto de estudos empíricos, bem como mostrou que há pesquisadores e instituições atentos ao tema. No entanto, se identificou que a quantidade e qualidade de mecanismos para guiar a caracterização de contexto é muito baixa. Por essa razão, é necessário debruçar-se sobre o tema objetivando definir mecanismos e criar teorias para aumentar a robustez da atividade de caracterização de contexto, aumentando a relevância das evidências empíricas na engenharia de software.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11248
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO Bruno Falcão de Souza Cartaxo.pdf1.13 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons