Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9991
Title: Serviço Social, Ética Profissional e Saúde Pública
Authors: PEDROSA, Janaína Bastos
Keywords: Saúde pública do Recife; Investigação da prática do Serviço Social; Hospitais; Código de Ética
Issue Date: 2003
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Bastos Pedrosa, Janaína; Monteiro Mustafá, Alexandra. Serviço Social, Ética Profissional e Saúde Pública. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Abstract: O objeto deste trabalho consiste em um esforço intelectual para expor e sistematizar a prática profissional do Serviço Social na saúde pública do Recife - PE em sua relação com a dimensão ético-politica da profissão, levando em consideração a importância e a contemporaneidade desse debate para a categoria.Nesse sentido, a produção teórica resulta da investigação da prática do Serviço Social em 5 hospitais de grande porte do Recife, onde se confrontou a proposta hegemônica de atuação da categoria, expressa tanto no projeto ético-político profissional quanto no Código de Ética de 1993 do Serviço Social com a prática cotidiana. No estudo percebeu-se que as assistentes sociais têm considerado que a ética profissional é importante para a prática e que ela é norteadora dos trabalhos, no entanto nota-se um conhecimento ainda muito superficial sobre o Código de Ética e uma não interlocução das múltiplas relações a que o projeto ético inspira.Em outros termos, não existe por parte da maioria das profissionais uma reflexão e análise sobre o exercício profissional o que impossibilita muitas vezes um trato crítico e qualificado às necessidades da modernidade. Nesse sentido, percebe-se que a implementação do projeto ético-político, bem como dos princípios do Código de 1993, apesar de estarem presentes na prática cotidiana das assistentes sociais entrevistadas, apresenta-se de forma indireta, e ainda insuficiente.Finalmente, ao refletir sobre essa questão, vislumbra-se um enorme desafio à categoria, pois as relações sociais predominantes na sociedade capitalista: discriminação, autoritarismo, exclusão, individualismo, desigualdades, etc., refletidas no espaço institucional demandam um profissional antenado às contradições do real, às mudanças societárias, que esteja qualificado e com a capacidade de buscar alternativas para a superação da ordem burguesa
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9991
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9308_1.pdf405.51 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.