Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9985
Título: Análise de sensibilidade no comportamento dinâmico de pressurizadores de reatores PWR
Autor(es): Lindolfo da Silva, Gilvan
Palavras-chave: Reatores PWR; Transitórios em Pressurizadores; Análise de Sensibilidade
Data do documento: 2007
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Lindolfo da Silva, Gilvan; Roberto de Andrade Lima, Fernando. Análise de sensibilidade no comportamento dinâmico de pressurizadores de reatores PWR. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Resumo: Todo reator PWR é provido de um componente chamado pressurizador, cuja finalidade é fornecer a alta pressão necessária para sua operação e conter as variações de pressão no sistema de refrigeração. Este trabalho destina-se a determinar mudanças nas variáveis de interesse frente às perturbações provocadas nos principais parâmetros do modelo que constitui o código MODPRESS. Tal procedimento é conhecido como análise de sensibilidade. Para a referida análise, o pressurizador foi tratado como um sistema termodinâmico constituído de três volumes de controle, sendo dois deles de água e um de vapor. O volume líquido inferior foi considerado fixo e a pressão uniforme em todos os volumes. As análises de sensibilidade foram realizadas para transitórios de mesma natureza e utilizando-se dois pressurizadores PWR de geometrias diferentes: o NEPTUNUS (seção de teste) e o pressurizador do reator IRIS. A validade do modelo foi comprovada por meio da comparação entre uma simulação numérica da temperatura de saturação versus tempo obtida por meio do código MODPRESS e o resultado experimental obtido no pressurizador NEPTUNUS (teste U47 experimental). A pressão final e o volume de controle final da região intermediária foram as variáveis consideradas de maior interesse e os parâmetros perturbados foram às taxas de surge e o nível inicial de água no volume de controle intermediário, pois suas variações são bastante influentes nos processos termodinâmicos relativos ao modelo. Os resultados mostraram que o volume do líquido intermediário foi a grandeza mais afetada, e a altura relativa do nível da água neste mesmo volume foi o parâmetro mais influente nas suas perturbações para todos os casos analisados. Para a variável pressão final, variações impostas ao insurge foram mais influentes quando comparadas com os efeitos das variações do outsurge. Ficou ainda comprovado que o código MODPRESS foi capaz de reproduzir satisfatoriamente os transitórios nos dois tipos de pressurizador, demonstrando sua confiabilidade na simulação deste dispositivo
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9985
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Tecnologias Energéticas e Nucleares

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo9135_1.pdf847,96 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.