Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9976
Título: Adaptação de um sistema e monitoração individual externa para Raios X e Gama para avaliação do equivalente de dose pessoal "Hp(10)"
Autor(es): SANTORO, Christiana
Palavras-chave: Monitoração Individual; Dosimetria Fotográfica; Programação Linear
Data do documento: 2007
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Santoro, Christiana; Antonio Filho, João. Adaptação de um sistema e monitoração individual externa para Raios X e Gama para avaliação do equivalente de dose pessoal "Hp(10)". 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Resumo: A monitoração individual avalia a exposição às fontes externas de radiação ionizante X, γ, β e n, as quais trabalhadores ocupacionais estão submetidos, para assegurar condições radiológicas aceitáveis e seguras em seus locais de trabalho. A avaliação da dose recebida por trabalhadores deve atender aos limites autorizados por organismos nacionais regulatórios. Atualmente, dois sistemas de unidades radiométricas convivem, baseados em resoluções da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e da International Commission on Radiation Units and Measurements (ICRU): no sistema convencional (CNEN), as doses recebidas pelos trabalhadores são avaliadas através da dose individual Hx, onde dosímetros usados na superfície do tórax são calibrados em termos do kerma ar; no sistema recente (ICRU), as doses são avaliadas através do equivalente de dose pessoal HP(d), onde dosímetros são calibrados em termos da dose sobre um fantoma. O sistema recente aprimora a forma de avaliar, por considerar a influência do espalhamento e absorção da radiação pelo corpo humano. Este trabalho adapta um serviço de dosimetria fotográfica às recentes publicações da ICRU, para avaliação de monitores individuais em função do equivalente de dose pessoal HP(10) para radiações fortemente penetrantes. Para tal, utiliza uma metodologia baseada na Programação Linear e determina curvas de calibração para as qualidades de radiação, espectros largos (W) e estreitos (N), descritos pela International Organization for Standardization (ISO 4037-1, 1995). Estas curvas de calibração oferecem uma melhor exatidão na determinação das doses e energias, aperfeiçoando a qualidade do serviço prestado à sociedade
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9976
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Tecnologias Energéticas e Nucleares

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo9129_1.pdf743,8 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.