Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9964
Title: Desenvolvimento de um equipamento para dosimetria por luminescência oticamente estimulada
Authors: Torres de Santana, Sérgio
Keywords: Luminescência Oticamente Estimulada;LOE;Medidor de dose;Pulsado;Radiação
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Torres de Santana, Sérgio; Jamil Khoury, Helen. Desenvolvimento de um equipamento para dosimetria por luminescência oticamente estimulada. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Nos últimos anos a dosimetria por Luminescência Oticamente Estimulada (LOE) tem sido cada vez mais utilizada. A emissão da luminescência ocorre pela recombinação das cargas aprisionadas nas armadilhas do cristal e que foram estimuladas oticamente. A população de elétrons nas armadilhas é decorrente da irradiação da amostra e, portanto, há uma relação entre a intensidade da LOE e a dose recebida pelo material. Neste trabalho apresentamos o equipamento desenvolvido para medidas de dosimetria LOE a fim de ser utilizado nas pesquisas do Departamento de Energia Nuclear da UFPE. O sistema é baseado na técnica de estimulação pulsada e a LOE é medida apenas depois do fim do pulso. A fonte de estimulação utilizada é composta de um conjunto de 20 LEDs azuis (com ,470nm e Imax,50cd). Para detecção da LOE, foi utilizado um tubo fotomultiplicador da Hamamatsu R980 que possui uma curva de resposta com um pico máximo de detecção em 420nm, que é satisfatório para o espectro de emissão da luminescência do Al2O3:C e do quartzo. Foram estudados o efeito da intensidade da luz de estimulação e a largura do pulso no sinal LOE. Os resultados mostraram que um pulso de estimulação de 500ms seguido de 2s de medida da LOE produzida por uma amostra irradiada são adequados para a dosimetria da radiação usando a luminescência oticamente estimulada por pulso. A aplicação do sistema desenvolvido também foi analisada utilizando dosímetros de Al2O3:C irradiados tanto com feixes de raios-x como de gama do 137Cs. Os resultados obtidos mostraram que a resposta à dose do Al2O3:C é linear na região em que o experimento foi feito e a dose mínima detectável é de 300* 2V UHVXOWDGRV obtidos também mostraram que a unidade LOE pulsada desenvolvida baseada em LEDs azuis pode ser considerada um sistema compacto, confiável e barato para medidas rotineiras da LOE
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9964
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Tecnologias Energéticas e Nucleares

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9117_1.pdf2.06 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.