Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9957
Título: Utilização de redes neurais artificiais para identificação de energia em campos fotônicos com materiais termoluminescentes
Autor(es): Ramos da Silveira, Renata
Palavras-chave: Dosimetria; instrumentação nuclear; termoluminescência; campos fotônicos; redes neurais
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Ramos da Silveira, Renata; Correia Vilela, Eudice. Utilização de redes neurais artificiais para identificação de energia em campos fotônicos com materiais termoluminescentes. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: A alta qualidade de um serviço de monitoração individual é de fundamental importância para a segurança dos trabalhadores que exercem suas atividades em ambientes controlados e dependem de avaliações precisas das doses que receberam e podem vir a receber durante o desempenho das suas atividades profissionais. O investimento em pesquisas que possibilitem o aperfeiçoamento da qualidade da resposta fornecida com o sistema dosimétrico utilizado é de fundamental importância. Para isto, o Laboratório de Dosimetria Temoluminescente do Centro Regional de Ciências Nucleares, Instituto da Comissão Nacional de Energia Nuclear, possui um programa que visa pesquisar, testar e implementar novos processos que resultem na melhoria da qualidade de seus serviços. Objetivando identificar os espectros em energia para campos fotônicos, foi investigada neste trabalho a aplicabilidade da inteligência artificial, através do uso de uma rede neural multicamadas, como ferramenta de classificação de padrões em energia, associada a um sistema dosimétrico termoluminescente (TLD-700 e TLD-600). Os dosímetros foram expostos inicialmente a diversas energias médias conhecidas, entre 16 keV e 1,2 MeV, para o intervalo de doses de 0,5 a 10 mSv, com o propósito de gerar um conjunto de dados de treinamento para a rede neural. Posteriormente, um novo conjunto de dosímetros irradiados em energias desconhecidas para a rede neural, foi utilizado para testes. A metodologia empregada neste trabalho se mostrou adequada à aplicação na classificação de energias. As melhores respostas foram obtidas para irradiações com altas doses, com 100% de acerto, para 10 mSv
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9957
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Tecnologias Energéticas e Nucleares

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo9110_1.pdf1,53 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.