Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9883
Título: Ilha do Massangano : dimensões do modo de vida de um povo; a (re) construção do modo de vida e as representações sociais da Ilha do Massangano no Vale do São Francisco
Autor(es): Coelho de Aquino, Antonise
Palavras-chave: ILHA DO MASSANGANO; REPRESENTAÇÕES SOCIAIS; MODO DE VIDA; RURAL; DISCURSO
Data do documento: 2004
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Coelho de Aquino, Antonise; de Nazareth Baudel Wanderley, Maria. Ilha do Massangano : dimensões do modo de vida de um povo; a (re) construção do modo de vida e as representações sociais da Ilha do Massangano no Vale do São Francisco. 2004. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Resumo: Este estudo tem como objetivo analisar o modo de vida, o rural e as representações do povo da ilha do Massangano, localizada a 12 km de Petrolina/PE no vale do São Francisco. A ilha do Massangano, no presente momento, passa por transformações em relação ao seu isolamento, as conseqüências da economia globalizada na agricultura, a re-simbolização do espaço, do próprio modo de vida e da própria vida. Para atingir os objetivos, realizou-se uma retrospectiva histórica e social da região e em que aspectos o desenvolvimento da agricultura no Vale do São Francisco acarretou mudanças para a vida das pessoas investigadas. Assim, existe um fio condutor que liga a caracterização do povo à própria região em que ele está inserido, destacando também a natureza teórica que envolveu o estudo até a análise dos discursos dos moradores. Existe um sentido de localidade muito significativo presente no grupo. A ilha do Massangano é o local dos antepassados, do trabalho, dos festejos, da sociabilidade, da família, da própria identidade. Um sentido que continua forte porque consolidada a identidade do grupo, o sentimento de pertencimento à ilha. Essa identidade está muito ligada aos seus cultos (religiosidade), à forma como se relacionam entre si, à estrutura familiar e ao samba de véio. Os aspectos lingüísticos influenciam na identidade de ser da ilha , assim como integração grupal e a valorização das crenças tradicionais são fatores de preservação da identidade do povo. O trabalho é a atividade que, em parte, determina a maneira de viver dos moradores, passando a ser, inclusive, a razão de suas existências, por estar ligado ao sustento e também a uma história de trabalho com a terra, com uma cultura. No entanto, as modificações no plano econômico acabaram por impor aos habitantes da ilha transformações muito visíveis nas relações com a agricultura, a base fundamental de sua subsistência. Os fatores econômicos ligados à posse e a exploração da terra e da água fragilizam e desagregam a comunidade da ilha, contribuindo para que os habitantes abandonem a sua condição de ilhéus. Esperamos que o foco no modo de vida dos moradores da ilha do Massangano, trazendo à tona dimensões da vida desses atores sociais, contribua para desvendar as práticas sociais da população rural do vale do São Francisco e sua situação atual
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9883
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Sociologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo9382_1.pdf6,36 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.